Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Poder Judiciário da UniãoTribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Navegação

Ferramentas Pessoais
Principal Institucional Imprensa Notícias 2016 Novembro Semana de Conciliação do TJDFT promove mesa-redonda e oficina sobre superendividamento

Semana de Conciliação do TJDFT promove mesa-redonda e oficina sobre superendividamento

por MLC — publicado em 21/11/2016 18:50

3a mesa redonda cejusc superA Semana de Conciliação do TJDFT teve início dia 16/11. Nessa 11ª edição, o Tribunal está realizando palestras, oficinas, Mesa-Redonda concomitantemente com as sessões de conciliações. O CEJUSC/Superendividados realizou, dia 18/11, a 3ª Mesa-Redonda com o tema: “Construindo Políticas Públicas para o Enfrentamento do Superendividamento no Brasil.” O 2º Vice-Presidente, desembargador José Jacinto Costa Carvalho, abriu o evento que teve o objetivo de promover uma análise das políticas públicas voltadas para o crédito responsável e o consumo responsável e, principalmente, colocar em pauta, no âmbito do DF, discussões e reflexões relevantes em relação ao tema Superendividamento.

A magistrada  Lucina Sorrentino, coordenadora do Nupemec e juíza Assistente Segunda Vice-presidência do TJDFT, o juiz Atalá Correia, coordenador do CEJUSC/SUPER do Tribunal e a professora Simone Roballo, coordenadora do Curso de Psicologia do Uniceub compuseram a mesa do evento.

A 3ª Mesa-Redonda contou com a presença do Sr. João Evangelista de Souza Filho, servidor do Departamento de Educação Financeira –DEPEF do Banco Central, que proferiu a palestra ‘Políticas de Educação Financeira no Brasil’ abordando as iniciativas já implementadas no Brasil. Em seguida, a Professora Amália Perez-Nebra, doutora em Psicologia do Consumidor e pesquisadora, trouxe reflexões a respeito das ‘Redes Psicossociais de Apoio ao Consumidor Superendividado’ e as principais falhas e ações dessa rede de suporte ao cidadão.

A terceira palestra “Iniciativas Reguladoras do Mercado Financeiro Brasileiro para o Enfrentamento do Superendividamento”, ministrada pelo Sr. Maurílio Braz Santana Júnior, ouvidor da Caixa Econômica Federal, trouxe ações estabelecidas, principalmente por credores, para lidar com a questão. E finalmente, o professor de Direito do Consumidor, Ricardo Morishita, finalizou a Mesa com a temática ‘Desafios no Combate do Superendividamento no Brasil’, convocando os participantes para uma apropriação do processo de mudança voltado para construção de uma sociedade crítica, mais justa e solidária.

A solenidade aconteceu no auditório da faculdade do UniCeub e marcou a boa parceria estabelecida com a faculdade para promoção de pesquisa/ação com o setor público.

Sem dúvida, muito há que se fazer para construção de uma política pública sólida para o enfrentamento do superendividamento, e nessa esteira, o TJDFT, a 2ª Vice-Presidência, o NUPEMEC e o CEJUSC/SUPER, por meio de eventos como esse, se colocam na vanguarda, como agentes ativos de pacificação social no Poder Judiciário.Oficina 50

 

50ª Oficina de Educação Financeira do CEJUSC Superendividados

Dia 17/11 foi realizada a 50ª Oficina de Educação Financeira do CEJUSC Superendividados. Em quase dois anos de atuação,  o CEJUSC/SUPER atendeu mais de 1000 pessoas, por meio das Oficinas, incluindo 950 participantes do Programa e seus familiares.

A Oficina é uma ação pedagógica, voltada para o tratamento do cidadão em situação de superendividamento, representa um marco para o trabalho desenvolvido pelo NUPEMEC e coloca o TJDFT numa posição de vanguarda na promoção de cidadania financeira no âmbito do Poder Judiciário.

 

ícone twitter  ícone facebook