Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Poder Judiciário da UniãoTribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Navegação

Ferramentas Pessoais
Principal Institucional Imprensa Notícias 2018 Julho Escola de Formação Judiciária do TJDFT capacita 3.832 pessoas em 2017

Escola de Formação Judiciária do TJDFT capacita 3.832 pessoas em 2017

por ACS — publicado em 13/07/2018 18:30

Balanço Escola 2017

A Escola de Formação Judiciária - Instituto Ministro Luiz Vicente Cernicchiaro realizou, em 2017, 337 ações educacionais, por meio das quais foram capacitadas 3.832 pessoas, o que corresponde a aproximadamente 49% do quadro do TJDFT. As informações constam no Relatório Anual de Atividades da Escola em 2017, que, além trazer estatísticas, destaca que, mesmo com uma estrutura mais enxuta e a incorporação de novas competências, a Escola manteve, com alta conceituação e distinção, os mesmos níveis de qualidade oferecidos.

A modernização se manteve como foco da atuação da Escola. A educação mediada por tecnologias correspondeu a 31% do total de participações nas ações educacionais, sendo que os cursos ofertados integralmente na modalidade EAD alcançaram taxa de adesão igual a 90%.

A opção por docentes internos continuou como bandeira da Escola e representou mais de 50% do total de ações ofertadas. De acordo com o relatório, o índice de satisfação com as ações educacionais, em uma escala de 0 a 5, foi de 4,56, o que demonstra a qualidade da educação corporativa ofertada.

Para o diretor da Escola, desembargador George Lopes Leite, “A estrutura mais enxuta e a incorporação de novas competências, mantendo os mesmos níveis de qualidade, só foi possível pelo comprometimento absoluto de todos. Lastreada na experiência e na maturidade alcançadas em quase dez anos de atuação, a Escola manteve a alta conceituação e distinção que usufrui, como poderá ser conferida com a leitura atenta deste relatório”.

Dando sequência ao ritmo de inovação, 2017 foi o ano em que a Escola trabalhou na construção e desenvolvimento do projeto de Trilhas de Aprendizagem, lançado em março de 2018. Essa inovação representou a evolução do processo de ensino-aprendizagem da Escola, substituindo a oferta de soluções educacionais únicas por diferentes caminhos que levam ao alcance dos objetivos previamente estabelecidos. Em outra vertente da modernização no âmbito do TJDFT, a Escola apoiou a implementação do regime de teletrabalho por meio da disponibilização de vagas em oficinas para todos os servidores que exercem suas atividades nessa modalidade.

ícone twitter  ícone facebook  Enviar notícia por WhatsApp