Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Poder Judiciário da UniãoTribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Navegação

Ferramentas Pessoais
Principal Institucional Imprensa Notícias 2018 Julho TJDFT e SEJUS/DF inauguram núcleo Pró-Vítima no Fórum de Planaltina

TJDFT e SEJUS/DF inauguram núcleo Pró-Vítima no Fórum de Planaltina

registrado em:
por MLC — publicado em 13/07/2018 19:05

TJDFT e SEJUS/DF inauguram núcleo Pró-Vítima em Planaltina

Na tarde desta sexta-feira, 13/7, o Presidente do TJDFT, desembargador Romão C. Oliveira, e o secretário da Secretaria de Estado de Justiça e de Cidadania do Distrito Federal - SEJUS/DF, Francisco de Assis da Silva, inauguraram o núcleo Pró-Vítima no Fórum de Planaltina. A ação é fruto da parceria entre o Tribunal, por meio do Núcleo Permanente de Justiça Restaurativa – NUJURES, vinculado a 2ª Vice-Presidência do TJDFT, e a SEJUS/DF. O objetivo é prestar assistência social e psicológica a vítimas de violência em crimes de homicídio, latrocínio, estupro, feminicídio, sequestro, entre outros.

Durante a cerimônia, o chefe de gabinete da Secretaria-Geral do TJDFT, Rafael Arcanjo Reis, fez a leitura do termo de cessão de uso do espaço do Tribunal. Em seguida, o Presidente do Tribunal e o Secretário da SEJUS/DF assinaram o termo e descerraram a placa de inauguração do núcleo Pró-vítima.

Na ocasião, o desembargador Romão C. Oliveira afirmou estar satisfeito, na qualidade de Presidente do Tribunal, de inaugurar o espaço "para que a população de Planaltina tenha maior tranquilidade". Destacou também a alegria e a satisfação em "devolver ao contribuinte uma pequena parcela de sua contribuição”. O desembargador citou ainda Jean Jacques Rousseau e afirmou que ”O Estado tem que produzir mais, usando menos”.

A juíza Catarina de Macedo Nogueira Lima e Correa, coordenadora do NUJURES, disse ser uma alegria a inauguração do espaço. Para a magistrada, “é realmente um momento de transformação da justiça criminal do Distrito Federal e também da parceria e da harmonia entre os poderes”. A juíza ressaltou que “com a colaboração e cooperação dos poderes é possível atingir o objetivo maior que é prestar um bom serviço à comunidade”.

TJDFT e SEJUSDF inauguram núcleo Pró-Vítima em Planaltina O Secretário da SEJUS/DF disse que o núcleo de Planaltina é “uma conquista da cidadania, pois é uma forma realmente eficaz de darmos maior visibilidade à presença do Estado”. Salientou ainda que se trata de um programa destinado a apoiar vítimas de violência e, por isso, tem especial importância.

O núcleo do Pró-Vítima do Fórum de Planaltina atenderá somente vítimas relacionadas a processos que tramitam nas varas e juizados criminais e de violência doméstica de Planaltina e no NUJURES. A ideia é que, por meio de uma abordagem psicossocial, as vítimas de violência possam superar o trauma vivenciado. Atualmente, o programa, desenvolvido pela SEJUS/DF, possui seis núcleos em funcionamento: Núcleo Sede (Estação Rodoferroviária); Paranoá; Guará; Ceilândia; Taguatinga e na Estação do Metrô da 114 Sul.

Participaram também da solenidade a juíza Camille Gonçalves Javarine Ferreira, coordenadora do Cejusc/Bsb, na ocasião representando a 2ª Vice-Presidente, desembargadora Ana Maria Amarante Brito; a juíza diretora do Fórum de Planaltina, Margareth Aparecida Sanches de Carvalho; a Subsecretária de Políticas para Justiça, Cidadania, Combate ao Uso de Drogas e Apoio às Vítimas de Violência, Andressa de Augusto Queiroz; entre outros magistrados e autoridades.

Foto: Liliana Soares/ SEJUS/DF

ícone twitter  ícone facebook