Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Poder Judiciário da UniãoTribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Navegação

Ferramentas Pessoais
Principal Institucional Imprensa Notícias Hino Nacional é traduzido em Libras durante posse de desembargador do TJDFT

Hino Nacional é traduzido em Libras durante posse de desembargador do TJDFT

por SB — publicado em 18/05/2017 14:35

hino nacional em librasNessa segunda-feira, 15/5, tomou posse no cargo de desembargador do TJDFT, o advogado Roberto Freitas Filho. Durante a solenidade de posse, um momento emocionante foi a tradução do Hino Nacional Brasileiro para a Língua Brasileira de Sinais – Libras, permitindo às pessoas surdas apreciarem também a letra do hino, além de acompanhar todos os demais atos da cerimônia. A tradução em Libras tem sido incentivada pelo Tribunal em eventos, reuniões, palestras, seminários, conferências, workshops, cursos, palestras, discursos, programas, apresentações e outras atividades e projetos institucionais, além de audiências judiciais de 1ª Instância.

O TJDFT tem também promovido o aprendizado dessa segunda língua oficial do Brasil. Desde 2010, por meio da Escola de Formação Judiciária, foram realizadas 25 ações educacionais voltadas ao ensino de Libras, sendo 20 cursos, 4 oficinas e 1 palestra, atendendo a um total de 429 participantes. O Tribunal conta ainda com um Núcleo de Inclusão - NIC, vinculado à Presidência da Casa, criado em 2009 com o propósito de promover a inclusão de pessoas com deficiência. Por meio do NIC, o TJDFT mantém contrato com empresa especializada em interpretação e tradução simultânea em Libras, em consonância com a Resolução 230/2016 do CNJ, cujo teor trata da implementação de medidas que assegurem a ampla e irrestrita acessibilidade física, arquitetônica, comunicacional e atitudinal das pessoas com deficiência, na Justiça.

Na solenidade, após a execução do Hino Nacional, o novo desembargador fez o juramento, assinou o Termo de Posse e foi agraciado com a Comenda da Ordem do Mérito do Judiciário do DF. Em seguida, foi conduzido ao seu assento na tribuna, ladeado pelos demais desembargadores.

ícone twitter  ícone facebook