Grupo Reflexivo de Homens

O Projeto “Grupo Reflexivo de Homens” teve início em abril de 2016. A iniciativa está amparada pela Lei Maria da Penha, que recomenda a criação de espaços de “educação” e “reabilitação” para os autores de violência contra mulher. Os grupos acontecem em 6 encontros semanais com duração de duas horas cada um, sendo o primeiro o Encontro de acolhimento. A quantidade de participantes varia entre 15 e 20 homens. Durante os encontros são trabalhados vários temas, dentre eles: 1. Sistema de crenças, mitos e masculinidades; 2. Gênero e violência contra a mulher; 3. Habilidades relacionais; 4. Lei Maria da Penha; 5. Autorresponsabilização.

Qual o objetivo?

O Grupo Reflexivo tem como objetivo promover um espaço grupal de intervenção breve que possibilite a atribuição de um novo sentido à sua passagem pela justiça, ou seja, perceber-se como sujeito ativo na construção da dinâmica de violência.

A quem se destina?

Os Grupos Reflexivos são realizados com homens que estejam respondendo processos judiciais na Lei Maria da Penha, em qualquer fase processual. O encaminhamento deve ser feito exclusivamente pelos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Distrito Federal.