Prata da Casa

O Programa Prata da Casa visa ao enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher e busca favorecer a equidade de gênero por meio de duas estratégias.

A primeira é a de promover a concretização da equidade de gênero nos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher por meio o uso de uma metodologia ativa - exposição teórica, vivências, reflexões e role play (jogo de papéis), criação conjunta de indicadores de transferência de aprendizagem - que criam situações para que os magistrados e servidores compartilhem seu conhecimento e experiências prévias sobre o tema, analisem suas realidades e construam coletivamente novas reflexões, conhecimentos e práticas sobre equidade de gênero e sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher. Todos os encontros são realizados no próprio juizado participante.

A segunda estratégia é a de qualificar o atendimento dos jurisdicionados a partir do que foi construído por meio da primeira estratégia. O Programa consiste de 6 encontros: um encontro inicial para apresentar o programa a(o) juiz(a) titular do juizado e estabelecer um cronograma; a realização de três oficinas de 2h/a de formação no próprio juizado; a realização de um grupo focal para avaliação qualitativa; e apresentação dos resultados. Os temas ministrados nas Oficinas são:

  • Gênero e Violência contra a Mulher;
  • Comunicação Não Violenta; 
  • Atendimento Não Revitimizador;

Ao final de cada Oficina, são pactuados com os servidores indicadores sobre a transferência da aprendizagem para a prática.