AUTOCOMPOSIÇÃO COMO FORMA DE “DESAFOGAR” O JUDICIÁRIO: uma análise de sua eficácia nas ações consumeristas, por Tainá Tavora da Mata - Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB)