Juíza da VEMSE prestigia formatura de socioeducandos de Santa Maria

por Noriete Celi da Silva — publicado 2020-08-14T13:55:00-03:00

Juíza Lavínia Tupy prestigia formatura de socioeducandos em evento on-lineEmoção, agradecimentos e homenagens marcaram mais uma formatura de socioeducandos do Distrito Federal, em evento on-line realizado na tarde desta quinta-feira, 13/8, com a participação da juíza Lavínia Tupy, titular da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas (VEMSE). Desta vez, 26 jovens receberam o certificado de conclusão da Aprendizagem Industrial em Assistente Administrativo da Unidade de Internação de Santa Maria (UISM).

O curso foi ministrado pelo SENAI-DF como parte do Acordo de Cooperação Técnica celebrado em 2018 com o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), a Defensoria Pública do Distrito Federal, a Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (atual Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal) e a Superintendência Regional do Trabalho no Distrito Federal.

“Nós ficamos muito felizes em poder contribuir para o sucesso desse projeto em parceria com vários atores. É muito gratificante e nos motiva cada vez mais a dar o nosso melhor para somar na transformação de vida dos nossos alunos e a continuar levando a nossa missão de formar profissionais qualificados e que atendam as necessidades das empresas e das indústrias locais”, afirmou a gerente de Educação Profissional do SENAI-DF, Valéria Luciene de Oliveira.

As autoridades representantes dos órgãos parceiros destacaram o empenho ainda maior que foi exigido de todos os envolvidos no curso, tanto por parte dos profissionais quanto por parte dos alunos, para vencer o novo desafio das adaptações tecnológicas que tiveram de ser implementadas a fim de que fosse possível a continuidade do curso no formato a distância, em razão do distanciamento social imposto pela pandemia de coronavírus.

Fernanda Rabelo Beltrão, coordenadora de Internação da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo do DF, ressaltou que os conhecimentos adquiridos pelos socioeducandos com o curso podem fazer toda a diferença no enfrentamento dos desafios atuais do contexto da pandemia. “Valorizem essa etapa vencida. Que possam carregar esse aprendizado na bagagem para virar uma página e começar um novo momento na vida de vocês, pensando em aspectos positivos que podem levar de tudo isso”, desejou aos jovens.

A procuradora do MPT Ana Maria Villa Real, idealizadora do projeto, referiu-se aos formandos como alunos guerreiros, vitoriosos e persistentes. “Fizemos tudo com muito esforço para que vocês pudessem ter novas perspectivas na vida, trilhar o caminho do trabalho e da profissionalização, direito fundamental de vocês”, falou aos jovens, lembrando a sua luta para que o projeto se tornasse realidade.

Agradecimentos

Emocionada ao se despedir da Coordenadoria Regional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente do MPT por ter assumido a Coordenadoria Nacional, Ana Maria Villa Real agradeceu a todos os parceiros e apoiadores do projeto de capacitação profissional nas unidades socioeducativas, entre os quais a juíza titular da VEMSE. “Sem você, Lavínia, realmente teria sido muito difícil continuar esse projeto”, declarou a procuradora. Ela agradeceu ainda aos agentes socioeducativos: “Sem vocês esse trabalho não seria possível”.

Procuradora do MPT Ana Maria Villa Real participa da formatura da UISM e recebe homenagensA procuradora externou sua alegria com o êxito do projeto, lembrando a necessidade de se continuar a luta para que siga dando certo. “É claro que é um projeto desafiador, mas com diálogo, persistência e boa vontade é possível realizá-lo. Quando a gente dá as mãos e quer, consegue vencer os obstáculos e as velhas visões em prol da formação profissional dos nossos adolescentes”, refletiu.

A juíza Lavínia Tupy retribuiu o agradecimento recebido, destacando que sem os esforços da procuradora Ana Maria Villa Real o projeto não teria acontecido. Segundo a juíza, a procuradora foi responsável por buscar tudo o que era necessário para que os cursos acontecessem nas unidades de internação. “Que você continue essa pessoa maravilhosa, exemplo de garra e disposição”, disse para a procuradora.

Em seguida, a juíza dedicou palavras especiais aos formandos, dizendo o nome de cada um. “Eu olho para vocês hoje com olhos de otimismo e de esperança. Vocês conseguiram, se formaram, e estão prontos para o que der e vier. Vocês vão crescer muito mais e eu não tenho a menor dúvida disso. Agora podem perceber o quão são capazes e como podem melhorar a cada dia”, declarou. A magistrada fez ainda um agradecimento nominal aos parceiros do projeto e destacou o esforço e o comprometimento dos agentes socioeducativos.

Homenagens

Em momento de despedida da liderança do projeto, a procuradora Ana Maria Villa Real foi homenageada por todos com mensagem lida pelo mestre da cerimônia, Lucas Faria:

“Dra. Ana, dizer obrigado talvez não seja o suficiente. Talvez as palavras não sejam neste momento tão significativas para lhe agradecer por todo seu trabalho e dedicação. Seu apoio foi de importância sem precedentes neste projeto, e nunca iremos esquecer as suas ações e atitudes. São pessoas como você que nos fazem perceber a realidade e ainda assim sonhar com um futuro melhor. Obrigado por tratar todos com respeito e igualdade e pela pessoa e profissional que você é e que inspira tantas pessoas.”

Como parte da homenagem à procuradora do MPT, foi apresentado um vídeo produzido pela equipe da UISM com a participação dos socioeducandos, bem como proferidas palavras de agradecimento por um dos aprendizes em nome dos formandos. Confira trecho da mensagem dedicada à procuradora:

“Tenha certeza de que a garantia do direito à profissionalização para que possamos ter um futuro melhor vai impactar diretamente na vida de cada um aqui. Você pode acalmar seu coração, pois o resultado vai ser positivo e efetivo em nossas vidas e de nossas famílias. Parabéns pelo seu empenho em tornar o mundo um lugar menos desigual, um lugar melhor.”

Depois das homenagens, Ana Maria Villa Real se pronunciou novamente. “Meu agradecimento e meu carinho a todos os parceiros do projeto. Vou sentir muita saudade. Podem contar comigo”, afirmou.

Além da procuradora, foram homenageados os instrutores do SENAI-DF com mensagem lida por um dos formandos. Na sequência, Francispaula dos Santos, instrutora do SENAI-DF, fez os agradecimentos e homenagens em nome de todos os instrutores.

Também fizeram uso da palavra no evento on-line Márcio Costa, promotor de justiça da 2ª Promotoria de Justiça de Execução de Medidas Socioeducativas do DF; Isa Maria de Oliveira, secretária-executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil; Paulo Eduardo Balsamão, coordenador do Núcleo de Execução de Medidas Socioeducativas da Defensoria Pública do DF; Anderson Hirley Coelho, diretor da UISM; Ana Luzia Brito, do SENAI-DF.

Prestigiaram ainda a cerimônia a superintendente Regional do Trabalho no DF, Elisângela Martins; a advogada Carla Marques, da empresa Valor Ambiental, responsável pela contratação e remuneração dos jovens aprendizes; Milla Michelle Couto, coordenadora pedagógica do SENAI-DF; gerentes sociopsicopedagógicos e diretores das unidades de internação do DF.

Evento on-line realizado no dia 13/8

Saiba mais

03/08/2020 - VEMSE participa de formatura de duas unidades socioeducativas

29/07/2020 - VEMSE participa de formatura on-line de socioeducandos do Recanto das Emas