Dispositivos eletrônicos doados chegam a crianças do DF

por Daphne Arvellos Dias — publicado 2020-12-18T13:03:30-03:00

Design sem nome (5).jpgCrianças e adolescentes de instituições de acolhimento do Distrito Federal foram beneficiados com a doação de 68 dispositivos eletrônicos arrecadados por meio da segunda etapa da campanha Comunidade Solidária, realizada pela Rede Solidária Anjos do Amanhã, programa de voluntariado da Vara da Infância e da Juventude do DF (VIJ-DF), e parceiros. A iniciativa objetivou dar aos jovens acolhidos acesso às aulas escolares on-line durante a pandemia de Covid-19. Foram entregues celulares, notebooks, computadores e tablets, entre outros equipamentos.

Na avaliação do supervisor da Rede Solidária, Márcio Alves, o resultado foi positivo: “Encerramos a segunda fase da campanha Comunidade Solidária com chave de ouro”. Além de doações da comunidade, a iniciativa contou com apoio de instituições parceiras. A Fundação CDL recuperou e doou desktops, notebooks e impressoras ao Lar de São José e à Casa de Ismael. O Rotary Club de Brasília, unidade do Cruzeiro, doou tablets novos ao Lar de São José. Espera-se que os aparelhos sirvam como oportunidade para outras capacitações on-line aos acolhidos das instituições, após o cenário pandêmico. 

Da Comunidade para a comunidade

Design sem nome (6).jpgA campanha Comunidade Solidária foi criada no contexto da pandemia de Covid-19 com o objetivo de ajudar a atenuar os efeitos sociais dela decorrentes. Em sua primeira etapa, foram arrecadadas e doadas cerca de 30 toneladas de alimentos não perecíveis, além de 15.600 latas de sardinha, materiais de higiene pessoal, máscaras de proteção, roupas e sapatos a famílias em situação de vulnerabilidade do DF.

Depois da segunda etapa, de arrecadação dos dispositivos eletrônicos, seguiu-se uma terceira edição, desta vez natalina. A Rede Solidária Anjos do Amanhã arrecadou brinquedos, material escolar, roupas, sapatos e comida para ceia, entre outras doações destinadas a crianças do sistema de acolhimento do DF e suas famílias. Além disso, recebeu da AmaBrasília a doação de 103 moletons para as Gerências de Atendimento em Meio Aberto (Geamas) de Ceilândia Norte e Sul, bem como para as entidades Batuíra, Lar de São José, Casa Transitória de Brasília e Associação Casa de Apoio à Comunidade de Ceilândia (ACAC).