VIJ-DF divulga balanço das ações dos agentes de proteção no Carnaval 2020

por Noriete Celi da Silva — publicado 2020-02-27T18:27:31-03:00

Agentes de proteção no Carnaval 2020.jpgO público infantojuvenil do DF contou com o trabalho voluntário de 59 agentes de proteção neste Carnaval. Divididos em nove equipes, os agentes credenciados pela Vara da Infância e da Juventude (VIJ-DF) fiscalizaram a presença de crianças e adolescentes em 18 blocos carnavalescos.

Segundo o balanço da VIJ-DF, foram realizadas 252 abordagens preventivas a adolescentes, apenas para orientações sobre os malefícios e a proibição do consumo de bebidas alcoólicas e drogas. Os agentes de proteção não registraram nenhum caso de adolescente alcoolizado ou entregue aos responsáveis.

A supervisora substituta da Seção de Apuração e Proteção da VIJ-DF, Carmelita Cardoso, ressalta que é necessária a continuidade do trabalho de prevenção com os adolescentes. “É preciso incentivar os jovens a aproveitarem a folia ou qualquer outra festa de forma sadia, sem o uso de bebida alcoólica ou entorpecentes”, recomenda.

Os agentes de proteção realizaram ainda 302 ações educativas com vendedores ambulantes para alertar a respeito da proibição de vender, fornecer ou entregar bebida alcoólica a crianças ou adolescentes. Os pais ou responsáveis e a população em geral também foram orientados sobre a proteção ao público infantojuvenil. Ao todo, foram 281 orientações nesse sentido.

Neste Carnaval, os agentes de proteção entregaram duas crianças perdidas aos responsáveis, mediante termo de entrega e responsabilidade. O ônibus da VIJ-DF esteve presente no bloco Baratinha, no Parque da Cidade, nos dias 23 e 25. Na terça-feira, a supervisora Carmelita Cardoso representou a Vara no Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), da Secretaria de Segurança Pública do DF.

Números do Carnaval

  • 2  crianças perdidas
  • 252  abordagens preventivas a adolescentes
  • 281  orientações à população em geral
  • 302  trabalhos educativos com ambulantes