Parceria entre VIJ-DF e UnB estimula habilidades de jovens através da gamificação

por Daphne Arvellos — publicado 2021-09-16T18:14:26-03:00

Fortalecer os componentes da imaginação, da empatia e da tomada de decisão em adolescentes acolhidos no DF de forma lúdica é o objetivo da nova parceria entre a Rede Solidária Anjos do Amanhã, programa de voluntariado da Vara da Infância e da Juventude do DF (VIJ-DF), e a Universidade de Brasília (UnB). A articulação leva a jovens do Lar de São José o “Projeto de Vida”, jogo de interpretação de papéis (Role Play Games ou RPG) desenvolvido e conduzido pelo professor do Instituto de Psicologia da UnB Domingos Sávio Coelho e por alunos dessa universidade e do Instituto Federal de Brasília (IFB).

Ilustração: Jovens montando um quebra cabeça com ajuda das ferramentas eletrônicas.Por meio da gamificação, o “Projeto de Vida” trabalha a tomada de decisão dinâmica e seus componentes, como a interdependência e a mudança de estado como consequência das ações tomadas. O jogo convida os participantes a criarem um personagem e a participarem de uma aventura. Através de micromundos virtuais, eles vivem diferentes cenários em que deverão resolver problemas e decidir colaborativamente. “Os jovens são expostos a diversas situações, algumas vão em direção a seus projetos de vida, outras contra. Eles conseguem vivenciar as dores e as delícias de se ter projetos e metas”, explica Domingos Sávio.

O game trabalha aspectos socioemocionais e estimula o trabalho em grupo. “Eles veem que algumas questões ao longo do jogo podem ser respondidas sozinhas; já outras ficam mais fáceis em grupo”, completa o professor da UnB. O supervisor da Rede Solidária, Márcio Alves, defende os benefícios da iniciativa para o público-alvo. “Os estímulos trazidos com as atividades promovem reais ganhos em diversos aspectos, como autoestima, protagonismo e responsabilização. É um trabalho que converge para o desenvolvimento e a preparação adequada ao futuro dos jovens de forma lúdica e mais prazerosa que o habitual”, avalia Márcio.

A parceria surgiu com a aproximação entre a Coordenadoria da Infância e da Juventude do TJDFT (CIJ) e a UnB. Inicialmente, 29 adolescentes acolhidos na instituição Lar de São José foram contemplados e desde agosto participam de sessões semanais do jogo em grupos supervisionados. Em virtude da pandemia, os encontros têm acontecido de forma remota. “Com o sucesso da ação, a expectativa da Rede Solidária é de continuidade da parceria e de expansão dessa e de outras atividades em benefício das demais instituições acompanhadas pela Justiça da Infância e da Juventude”, acrescenta o supervisor do Anjos do Amanhã.