PREVENÇÃO E IMPACTOS DO COVID-19 NA OFTALMOLOGIA

por pro vida — publicado 2020-06-02T16:38:00-03:00

FONTE: Dr. José Rodrigues CRM-DF 5083 Médico Oftalmologista e Responsável Técnico da Clínica Visomed Oftamlogia Brasília

Além de causar doenças respiratórias leve a grave cujos sintomas são febre, tosse e falta de ar, podendo aparecer de 2 a 14 dias após a exposição do indivíduo, o Covid-19 também pode se espalhar pelos olhos.

O contágio via exposição ocular pode ser evitado das seguintes maneiras:

  1. Evitar ao máximo o contato físico de modo a não disseminar o vírus;
  2. Quando uma pessoa contaminada com o Covid-19 tosse ou fala, partículas do vírus podem pulverizar da boca ou nariz para o rosto de outra pessoa. É mais provável que você inale essas gotículas pela boca ou pelo nariz, mas elas também, podem penetrar nos seus olhos.

Diante disso faz necessário e obrigatório o uso da máscara em vias públicas, sendo a mesma trocada a cada 2 horas respeitando a forma de utilização da mesma, conforme orientação:

 Antes de colocá-la higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

 Cubra a boca e o nariz com a máscara e se certifique de que não há espaços entre o acessório e o rosto.

 Evite tocar a máscara enquanto estiver usando-a. Se fizer isso, higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

 Quando a máscara estiver úmida, troque-a por uma nova. Não é para reutilizá-la!

 Na hora de removê-la, faça isso por trás, ou seja, não toque na parte da frente do acessório. Descarte-a imediatamente em uma lixeira fechada, higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

Não se esqueça: as máscaras só são eficientes quando usadas em combinação com a limpeza frequente das mãos.  

  1. O vírus pode se espalhar tocando o fluido dos olhos de uma pessoa infectada ou de objetos que transportem os fluidos corporais como, por exemplos o compartilhamento de rímel, lápis de sobrancelha, lápis de olho, sombras, delineador e outros objetos usados em maquiagem ao redor dos olhos.

Não compartilhe objetos de uso pessoal, se o uso for profissional, aconselha-se a limpeza dos pinceis retirando a sujidade com água e sabão e posteriormente deixando-os de molho com água filtrada, sabão e hipoclorito de sódio (água sanitária) por 10 minutos sendo a higienização regular imprescindível. As superfícies de estojos e demais materiais devem ser higienizados com álcool em 70%.

  1. A infecção por coronavírus pode causar olhos vermelhos, porém, é raro. Se você ver alguém com olhos vermelhos, não entre em pânico. Isso não significa que a pessoa está infectada com corona vírus, porém as autoridades de saúde acreditam que o olho vermelho causado pelo coronavírus, ou a conjuntivite por coronavírus, se desenvolva em cerca de 1% a 3% das pessoas infectadas pelo Covid 19. No caso dos sintomas apresentados ligue para o seu oftalmologista para obter orientação adequada e saber como proceder.

Fale com o seu médico caso apresente os sintomas abaixo:

  1. Se você tem degeneração macular ou retinopatia diabética e submeteu-se a injeções intra-oculares recentemente;
  2. Se você perceber mudanças na sua visão como manchas embaçadas, onduladas, ou pontos brancos no seu campo de visão;
  3. Se você perceber “mosca volante” ou “flashes” de ocorrência recente no seu campo de sua visão;
  4. Perda repentina da visão;
  5. Se você tem dor nos olhos, dor de cabeça, olhos vermelhos, associados a náusea vômito.

Alguns cuidados devem ser tomados no momento da sua consulta nessa situação de pandemia pelo coronavírus:

  1. Como o contágio também pode se dar ao tocar estruturas superficiais como maçaneta e mesa recomenda-se a higienização com alcool 70% dos ambientes de atendimento médico;
  2. Recomenda-se a higienização com álcool 70% de todos os equipamentos entre um paciente e outro;
  3. O profissional deve lavar as mãos no intervalo entre um paciente e outro, fazer o uso de máscaras e protetores faciais.
  4. Os procedimentos de manipulação das áreas dos olhos, devem ser evitados durante esse periodo de pandemia.

 

Por fim, proteja-se nesse momento. Lembre-se, tudo passa, inclusive o coronavírus.