Webinar "Preservação Digital: O Case do TJDFT na Implementação do RDC-Arq" - PÚBLICO EXTERNO

Data do Webinar: 3 de setembro de 2020. Período de inscrições: de 26 de agosto a 1º de setembro de 2020.

Informações Gerais 

Número de vagas: 300 

Data: 3 de setembro de 2020

Horário: das 17h às 19h

Carga horária: 2 horas-aula

Local: Aplicativo Zoom

Público-Alvo: Magistrados e servidores do TJDFT e profissionais interessados na Política de Preservação de Documentos e Processos em Meio Digital.

Em casos fortuitos, a Escola de Formação Judiciária se reserva o direito de alterar as datas de realização da ação educacional.

Evento sujeito a autorização.


Modalidade

A distância. O Webinário será realizado por meio da ferramenta Zoom (as informações para download do aplicativo serão enviadas aos participantes).

Palestrantes

Desembargadora Ana Maria Duarte Amarante Brito - Primeira Vice-Presidente

Cecília Leite Oliveira

Daniel Flores

Daniel Monteiro

Francisco Antônio Alves de Oliveira

Luiz Fernando Sirotheau Serique Junior

Tiago Emmanuel Nunes Braga

  

Currículos

Desembargadora Ana Maria Duarte Amarante Brito - Primeira Vice-Presidente

Desembargadora desde 2004. Foi Conselheira do Conselho Nacional de Justiça, de agosto de 2013 a agosto de 2015. Segunda Vice-Presidente do TJDFT desde 2018. Possui Graduação em Direito pela Universidade de Brasília (1983), Pós-Graduação em Direito Público e Estado pela Universidade de Brasília. Pós-graduações em Direito Civil e Processual Civil e em Direito Constitucional pelo Centro Universitário Leonardo Da Vinci – Indaial, SC. Mestrado em Direito Público – Direito Constitucional pelo Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP-Brasília. Foi Promotora de Justiça( 1987/1988) Juíza de Direito Substituta(1988/1994), Juíza de Direito (1994/2004). Nomeada Juíza do Tribunal Regional Eleitoral – Exercício de 26 de abril de 2002 a 17 de fevereiro de 2.004. Professora de Direito Processual Civil e Direito Constitucional desde 1991, na Escola Superior do MPDFT e, atualmente, na Escola da Magistratura do Distrito Federal, além de outras instituições de ensino superior do DF. Tem publicados livros e apostilas

Cecília Leite Oliveira

Atual Diretora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT. Possui graduação em Letras Licenciatura Plena pela Universidade de Brasília (1977), mestrado em Ciências da Informação pela Universidade de Brasília (1996) e doutorado em Ciências da Informação pela Universidade de Brasília (2003). Realizou Instância Formativa no Ministério da Educação, Cultura e Esporte da Espanha no Programa (Puntos de Información Cultural - P.I.C.). Em 2002, na pesquisa de Doutorado desenvolveu uma metodologia de inclusão digital para a inclusão social (Escola Digital Integrada - EDI) foi o primeiro trabalho acadêmico da Universidade de Brasília que se transformou na Lei 3275 do Governo do Distrito Federal, tornando obrigatória a sua utilização no ensino público. Essa metodologia é reconhecida internacionalmente e premiada. Pesquisadora da EMBRAPA Informação Tecnológica de carreira cedida ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC) para atuar como Coordenadora Geral de Pesquisa e Desenvolvimento Novos Produtos (CGPD) do Instituto Brasileiro de Informações em Ciência e Tecnologia (Ibict). Tem experiência na área de Ciência da Informação, do uso das novas tecnologias (TIC) para solução informacional nos diversos campos de atuação da Ciência da Informação, principalmente nos seguintes temas: ciência da informação, inclusão digital, gestão da informação, inclusão social, gestão do conhecimento e inovação.

Daniel Flores

Professor do Curso de Arquivologia e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFF, Pesquisador do CNPq, atuando em pesquisas e assessorias nas temáticas de: Preservação Digital Sistêmica, Diplomática Digital, Ciência Forense Digital e Cadeia de Custódia Digital Arquivística.

Daniel Monteiro

Especialista em Gestão de Segurança da Informação pelo CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DF - UNIDF/UDF, bacharel em Ciências da Computação pela Universidade Católica de Brasília - UCB, atualmente é Supervisor Substituto do Núcleo de Gestão de Sistemas Administrativos - NUGAD do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

Francisco Antônio Alves de Oliveira

Bancário (BB) (1984 a 1993) Analista judiciário do TST. Analista legislativo do Senado Federal. Professor de Direito Penal e Direito Processual Penal no Centro Universitário de Brasília - CEUB e no Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB. Especialista em Direito Penal e Mestre em Direito, pela Universidade Católica de Brasília. Promotor de Justiça do MPDFT (1994 a 1997). Juiz de Direito do TJDFT (1997). Juiz Titular da 1ª Vara Criminal de Samambaia e da 1ª Vara Criminal do Paranoá. Atualmente Juiz Titular do 2º Juizado Especial Criminal de Brasília.

Luiz Fernando Sirotheau Serique Junior

Doutor em Engenharia Elétrica (2013), na linha de pesquisa de Confiança em Redes Ad Hoc, Mestre em Engenharia Elétrica (2006), na linha de pesquisa de Segurança de Redes, bacharel em Engenharia de Redes de Comunicação (2002), ambos pela Universidade de Brasília. Especialista em Educação à Distância pelo Senac (2011). Vem atuando há cerca de 20 anos no segmento de TI em instituições públicas e privadas. Também é docente e pesquisador nas áreas de Governança de TI, Segurança da Informação,  Proteção e Privacidade de Dados, Inteligência Artificial e Big Data Analytics, atuando na UnB, Senac, Cebraspe e Escola de Formação Judiciária do TJDFT.  É analista judiciário desde 2008 - especialidade de análise de sistemas e atualmente é o COORDENADOR-GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO.

Tiago Emmanuel Nunes Braga

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG). Mestre em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG). Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UnB). Pesquisador do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Iniciou suas atividades atuando com Educação a Distância, quando liderou a AulaFlex Educacional e coordenou projetos de pesquisa financiados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Atualmente lidera a Coordenação de Tecnologias da Informação e Informática (CGTI) no IBICT na qual coordena projetos de pesquisa relacionados à apropriação de tecnologias para tratamento de dados e informações, interoperabilidade e ciência de dados.

  

Programação

Objetivo geral, temas, palestrantes

 

Frequência 

A frequência será aferida no aplicativo Zoom durante todo o período da ação educativa.

* Importante: Ao entrar no Webinar, acesse o link ou QRcode divulgado durante a ação educacional e registre sua frequência. Este procedimento é obrigatório para atestar sua presença durante a  transmissão.

Avaliação de Reação

A avaliação de reação da ação educacional  deverá ser realizada pelo Sistema de Avaliação Online, disponível na página inicial da Escola de Formação Judiciária ou clicando aqui. A avaliação estará acessível na data de término da ação educacional, com o prazo de 5 (cinco) dias úteis para resposta. Os alunos receberão por e-mail a síntese dos resultados da avaliação de reação posteriormente.

Certificação

O certificado será emitido somente aos participantes que: 

  • obtiverem a frequência mínima exigida pela  Portaria Conjunta n. 30/2004, alterada pela portaria Conjunta n. 42/2009.  

 

Inscrições 

Período de inscrições: 26 de agosto e 1º de setembro de 2020.

Como realizar sua pré-inscrição

Solicitação de Pré-Inscrição

Relação de Inscritos, Relação de Cancelamentos e Lista de Espera