Tema

Tema e objetivo.
última modificação: 2021-10-21T01:28:28-03:00

Arte Geral - base.jpg

Audiodescrição: Arte gráfica desenvolvida para o sítio eletrônico do Quinto Congresso Brasileiro de Arquivos do Poder Judiciário, em formato quadrado, na lateral esquerda da página referente à aba “Tema”. Ao centro, há o nome “QUINTO CONGRESSO BRASILEIRO DE ARQUIVOS DO PODER JUDICIÁRIO BRASILEIRO”, com destaque em azul para o trecho “ARQUIVOS DO PODER JUDICIÁRIO BRASILEIRO”. À direita do nome, há desenho de papel almaço cinza conectado a um “mouse” de computador laranja. No centro do papel, há a sigla “TJDFT”.  Abaixo do papel, em cor laranja, está o período de realização do Congresso - 20 a 22 de outubro de 2021 -, seguido da informação “Transmissão pelo YouTube”. Na parte inferior da imagem, estão as logomarcas das seguintes instituições: PRONAME, CNJ, Escola de Formação Judiciária Ministro Luiz Vicente e TJDFT. Os textos estão sobre fundo branco com pequenos pontos cinzas e, nos cantos superior direito e inferior esquerdo, estão hexágonos preenchidos aleatoriamente com as cores cinza, laranja e branco.

“Os desafios da gestão de documentos arquivísticos digitais no âmbito do Poder Judiciário Brasileiro”.


Em um tempo em que os recursos informacionais se tornam cada vez mais importantes no dia a dia, o Poder Judiciário é instado a todo momento à promoção de movimentos de modernização para se adequar às constantes transformações sociais e tecnológicas, à escassez de recursos e à dinâmica do pronto atendimento aos jurisdicionados.

A rápida mudança do suporte de registro das informações, do papel ao digital, imprimiu grande celeridade na atividade jurisdicional, da mesma forma em que o consumo de recursos computacionais cresceu em igual velocidade. Contudo, os mecanismos de gerenciamento desses recursos (informacionais e computacionais) não foram modernizados no mesmo ritmo e as medidas propostas, necessárias à modernização, podem ser consideradas disruptivas em algumas instituições.

Nesse contexto, os profissionais da gestão documental e da memória frequentemente são instados a superar obstáculos de ordem operacional, política, econômica, tecnológica, administrativa e pessoal, dentre outros.

Os desafios da gestão de documentos arquivísticos digitais no âmbito do Poder Judiciário Brasileiro são reais e evidentes e precisam ser enfrentados para garantir a segurança da atividade jurisdicional prestada à nossa sociedade. Portanto, buscando contribuir para a superação de algumas dessas adversidades, o tema apresentado será desenvolvido ao longo do Congresso tendo em perspectiva três eixos norteadores: profissional, institucional e tecnológico.


Eixo profissional

Diante da necessidade de prover os recursos necessários à modernização, o eixo profissional busca lançar luz sobre os desafios e as características do profissional da gestão do conhecimento, e demais áreas envolvidas, de forma a nortear as instituições e destacar a importância da atuação desses agentes na jornada que se apresenta nesse segmento.


Eixo institucional

Como forma de apresentar as experiências exitosas na implementação de políticas e normatização das boas práticas de gestão da informação, estruturou-se o eixo institucional, que será de grande valia para as bases da promoção das transformações necessárias ao desenvolvimento da gestão documental e da memória do Poder Judiciário.


Eixo tecnológico

Por último, mas não menos importante, tem-se o eixo tecnológico como espaço para discussão dos avanços e soluções tecnológicas como recursos para a superação dos desafios da gestão das informações e da preservação dos documentos arquivísticos digitais.