Gestão de Riscos

Publicações

Governança e Gestão de Riscos

A Governança Institucional do TJDFT se caracteriza por um conjunto de boas práticas para direcionar, gerir e controlar as atividades de uma organização.

Nesse contexto, GESTÃO DE RISCOS representa uma dessas práticas de governança que prioriza as questões mais críticas e serve de subsídio à tomada de decisões responsável e participativa para alocação dos recursos disponíveis, de acordo com as questões mais críticas e urgentes.

Além disso, a gestão de riscos é uma ferramenta que pode ser aplicada a qualquer atividade, projeto ou processo organizacional, pois risco é toda incerteza que pode afetar o alcance dos objetivos do que se pretende realizar.

Política de Gestão de Riscos e Controles do TJDFT

O TJDFT adotou a metodologia, cujos fundamentos teóricos se basearam, principalmente, na recomendações da NBR ISO 31000:2009 e do Referencial Básico de Gestão de Riscos do TCU, atualizados pela ISO 31000:2018.

Assim, a Política de Gestão de Riscos, por meio da Portaria Conjunta 2, de 4 de janeiro de 2019, estabelece princípios, objetivos, diretrizes, estrutura e responsabilidades a serem observadas no processo de gestão de riscos do TJDFT, nos níveis estratégico, tático e operacional.

Guia de Gestão de Riscos e Controles

A metodologia apresentada no Guia foi elaborada pelo grupo de trabalho da Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica – SEPG, em parceria consultiva com a Secretaria de Controle Interno — SECI, com o propósito de orientar o gerenciamento de riscos em todas as atividades desenvolvidas no âmbito do Tribunal.

  Em breve:

O Guia de Gestão de Riscos e Controles está sendo revisado para a publicação de sua 2ª versão, com mais exemplos e conteúdo explicado de forma mais simples a fim de facilitar a aplicação em todas as unidades do TJDFT.

Apetite e Tolerância a riscos

Apetite a risco é o nível que a organização está disposta a aceitar para atingir os objetivos identificados no contexto analisado.

Enquanto, tolerância a risco é a margem que a Administração permite aos gestores de suportar o impacto de determinado risco em troca de benefícios específicos, ainda que esse risco seja superior ao apetite a risco determinado pela organização.

O TJDFT conta com o Comitê de Governança e Gestão Estratégica – CGGE para monitorar, avaliar, revisar e propor alterações na política de gestão de riscos e controles do TJDFT; monitorar o tratamento dos riscos; analisar e encaminhar o relatório de análise crítica e o mapa de riscos organizacionais à Administração Superior; além de propor o adequado grau de apetite e tolerância a riscos do órgão.

O CGGE aprovou o nível ALTO como grau de apetite a riscos do TJDFT.

Isso quer dizer que, qualquer risco avaliado como alto ou extremo deve necessariamente ser mitigado, enquanto que dos riscos de níveis baixo e médio, o tratamento fica a cargo do gestor.

No entanto, caso o gestor identifique não ser possível ou o custo benefício não compense o tratamento, é possível que se leve ao conhecimento do CGGE para que coparticipem da deliberação sobre aceitar, evitar, mitigar, ou compartilhar o risco. Isso proporciona maior engajamento da Administração Superior quanto às questões críticas do Tribunal, além de resguardar os gestores em relação às suas tomadas de decisões.

Consultoria

O Comitê de Governança e Gestão Estratégica aprovou as áreas que serão prioritárias na implementação da metodologia de Gestão de riscos, por meio de consultoria da equipe da Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica - SEPG:

Área

Processo analisado

Oficinas de Gestão de Riscos realizadas

Oficinas de Gestão de Riscos previstas

Aquisições Meta processo de Aquisições Junho de 2019 a janeiro de 2020
Tecnologia da Informação Segurança da Informação Janeiro a dezembro de 2019
Pessoas Pagamento Agosto a novembro de 2019
Processo Judicial Eletrônica - PJe PJe Março a maio de 2020
Pessoas Gestão Integrada de Pessoas Maio a Julho de 2020
Segurança Institucional A definir Maio a julho de 2020
Obras A definir Agosto a outubro de 2020
Gestão Predial A definir Agosto a outubro de 2020
Integridade Pública A definir Agosto a outubro de 2020

Tabela: planejamento das oficinas de gestão de riscos

Fale conosco!

Fique à vontade para entrar em contato com o Escritório de Riscos do TJDFT:

Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica - SEPG

Projeto de Implementação da Gestão de Riscos no TJDFT


***Em virtude da pandemia de COVID 19, o TJDFT encontra-se, em sua maioria, em regime de teletrabalho. Portanto, qualquer necessidade referente à Gestão de Riscos, gentileza entrar em contato com a Ludmila Maciel, via e-mail ou  whatsapp.