Acusado de emprestar arma a menor para prática de crime será julgado por homicídio

por ACS — publicado 2012-04-27T00:00:00-03:00
Na próxima quinta-feira (3/5), a partir das 8h30, o Tribunal do Júri do Paranóa leva a julgamento popular um homem acusado de emprestar a um adolescente, uma arma de fogo que teria sido usada na prática de um homicídio.

B.F.S., que responde por outros crimes, teria, segundo a denúncia, emprestado a arma "de forma livre, consciente e sabendo das intenções do adolescente". A arma teria sido usada no homicídio de Gilvaldo de Jesus Garcia.

Uma das testemunhas ouvidas em juízo chegou a comentar que o acusado teria feito o empréstimo acreditando que o adolescente não seria responsabilizado criminalmente. O menor, por sua vez, negou ser o autor dos disparos.

O réu, que se encontra preso, foi pronunciado para responder perante júri popular por homicídio duplamente qualificado (art. 121, §2º, incisos I e IV).