TJDFT inova e publica a Política de Comunicação do Tribunal

por ACS — publicado 2012-04-03T00:00:00-03:00

O TJDFT sai na frente com a publicação da Política de Comunicação Social do Tribunal - PCOM. Trata-se de um Projeto Institucional previsto no Plano de Ações do Biênio - PLABI 2010/2012, que atende também as resoluções 70/09 e 85/09 do Conselho Nacional de Justiça - CNJ, e dispõe sobre a criação de uma Política Nacional de Comunicação Social em prol da transparência e da democratização de informações no âmbito da justiça brasileira.

Finalizado e consolidado por meio da Portaria GPR nº 395, publicada no último dia 3 abril, o documento foi assinado pelo Presidente do TJDFT, desembargador Otávio Augusto Barbosa. A Assessoria de Comunicação Social - ACS, subordinada à Presidência do TJDFT, será o setor responsável pela sua aplicação.

A Política de Comunicação reúne os princípios, diretrizes e procedimentos relacionados às ações de comunicação social, divulgação e marketing no âmbito institucional a serem adotados no TJDFT, estabelecendo assim, um processo de divulgação das ações e decisões do Tribunal contínuo, integrado e padronizado.

Desde a publicação da Resolução 85 do CNJ em 2009, os tribunais estão "debruçados" nesta questão. Em 2010 e 2011, vários encontros entre as áreas de comunicação de todos os tribunais foram promovidos pelo CNJ para traçar as linhas gerais para que aqueles pudessem desenvolver seus planos e políticas a partir da diretriz principal, garantir transparência às suas ações e investimentos em comunicação social.

A elaboração da Política de Comunicação Social do TJDFT foi desenvolvida ao longo da gestão 2010/2012, pela Assessoria Comunicação do TJDFT- ACS, com o apoio da Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica do TJDFT - SEPG, por meio de uma ampla e detalhada pesquisa, onde foram avaliadas as normas, as ferramentas e os canais de divulgação existentes, bem como a cultura da Casa, entre outros.

Com isso, a Assessoria de Comunicação Social - ACS construiu um documento conciso e respaldado na realidade da instituição e nos seus resultados. O TJDFT torna-se pioneiro com a finalização e publicação dessa norma, estabelecendo mais um importante diferencial para uma gestão estratégica de sucesso.