Nova estrutura de mediação e conciliação do TJDFT foi apresentada nesta quarta-feira

por ACS — publicado 2012-02-07T23:00:00-03:00

Cerimônia realizada nesta quarta-feira, dia 08/02, apresentou a nova estrutura de Mediação e Conciliação do TJDFT. O Corregedor de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, desembargador Sérgio Bittencourt, iniciou o evento ressaltando a necessidade da disposição das partes ao diálogo.

Destacou que para a resolução de conflito "é necessário que o consenso seja aceito por ambas as partes" e que a Resolução 125 do CNJ foi uma grande oportunidade para ampliar a área de conciliação e mediação no Tribunal.

Finalizou agradecendo ao Presidente da Casa, desembargador Otávio Augusto Barbosa, e sua equipe, pelo apoio e estímulo; ao Secretário Geral Guilherme Juliano; ao Vice-Presidente, desembargador Dácio Vieira, por sempre estar presente nas ações da Corregedoria; à Juíza Marilza Neves Gebrim, Coordenadora do Núcleo Permanente de Mediação e Conciliação; ao servidor Marcelo Girade, Coordenador do NUPEMEC; à Secretária Geral da Corregedoria, Renata Marinho; e à equipe de servidores da Corregedoria e da Presidência. Leia a íntegra do discurso:

Em seguida, o Coordenador do Núcleo, Marcelo Girade, apresentou as atividades realizadas de abril de 2011 até hoje para concretização da nova Estrutura de Mediação e Conciliação no Tribunal, dentre elas: as Portarias Conjuntas 56, 57 e 58, todas de 18/11/2011 que instituíram as competências do Núcleo Permanente de Mediação e Conciliação - NUPEMEC e dos Centros Judiciários - CEJUSC?s; os cursos de Formação de Conciliadores, Supervisores e Instrutores; as parcerias com instituições de ensino, como Fortium, Uniceub e Unieuro; as Semanas de Conciliação; e a Resolução 125 do CNJ. Ao final divulgou mais três Semanas de Conciliação, agendadas até maio desde ano e a realização do Seminário de Mediação e Conciliação do TJDFT, de 6 a 9 de março.

O Presidente do TJDFT, desembargador Otávio Augusto Barbosa, encerrou a cerimônia ressaltando a importância desta data para o Tribunal, uma vez que se concretiza o projeto que buscou estruturar o TJDFT na área de mediação e conciliação para que se torne excelência para os demais estados do Brasil, "de Brasília, capital do País, para o resto da Nação", afirmou.

Neste contexto, informou que a administração não mediu esforços para que o projeto se tornasse realidade, para isso todos se uniram para alcançar seu objetivo final, a paz social. Fechou sua fala agradecendo aos servidores e a todos que participaram do Projeto, em especial, ao Corregedor, desembargador Sergio Bittencourt; à Juíza Marilza Gebrim e ao servidor Marcelo Girade.

Estiveram também presentes na solenidade o desembargador Roberval Belinati, Coordenador Geral do Sistema de Solução de Conflitos e os juízes Luciana Yuki Fugishita Sorrentino, Ana Magali de Souza Pinheiro Lins e Ricardo Faustini Baglioli, coordenadores do CEJUSC de Brasília, de Taguatinga e dos Juizados Especiais Cíveis de Brasília. Também presentes o Vice-Procurador Geral do MPDFT, em exercício, Procurador de Justiça José Firmo Reis Soub; o Presidente da AMAGIS-DF, Dr. Gilmar Tadeu Soriano e o Reitor no UNICEUB, Getúlio Américo Moreira Lopes.