Supervisora fala sobre Tabelas Unificadas do TJDFT à Rádio Justiça

por ACS — publicado 2012-02-22T23:00:00-03:00
Nesta quinta-feira, 23/2, o programa CNJ no Ar, da Rádio Justiça, transmitiu entrevista com a supervisora do Serviço de Análise, Classificação e Cadastro de Processos Judiciais de Brasília - SECLAP, Renata Caçador Carvalho, a respeito da implantação das Tabelas Processuais Unificadas do Poder Judiciário no âmbito da 1ª Instância do TJDFT. O programa foi ao ar às 10h.

O trabalho foi realizado pela Corregedoria do Tribunal, de forma gradativa, e teve início em setembro de 2010, pelo Fórum de Sobradinho, e agora foi concluído pelo Fórum de Brasília. Na 2ª Instância, as tabelas já foram unificadas, desde fevereiro de 2009, por meio do Ato Regimental, n. 6 18 de dezembro de 2009.

As Tabelas foram criadas pela Resolução nº 46 do Conselho Nacional de Justiça para que os processos do Judiciário passassem a ter uma única identidade desde o cadastramento inicial até a tramitação por várias instâncias. E com isso, facilita-se a obtenção de dados precisos sobre números, tipos de processos e movimentação das ações em todos os seguimentos do Poder Judiciário. Os objetivos são atingir maior uniformidade no tratamento da informação para facilitar a geração de análises estatísticas; possibilitar o aproveitamento, nas instâncias superiores, das informações processuais dos sistemas de primeira instância; padronizar a descrição dos diversos movimentos para facilitar a recuperação e maximizar o uso da informação processual; identificar os assuntos mais frequentes nos processos judiciais e melhorar a compreensão do andamento processual pelo jurisdicionado.

Para ouvir a entrevista acesse o site da Rádio Justiça e siga o caminho: "Programação" - "CNJ no Ar" - "Ouça Agora" - "Edição 23/2/2012". A rádio pode ser sintonizada na frequência 104,7 FM ou pelo site
www.radiojustica.jus.br.