TJDFT sensibiliza representantes de empresas sobre conciliação

por MLC — publicado 2013-02-01T15:45:00-03:00

Nesta sexta-feira, 1º/2, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, por meio do Núcleo Permanente de Mediação e Conciliação - NUPEMEC e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania dos Juizados Especiais Cíveis de Brasília - CEJUSC JEC/BSB, realiza trabalho de sensibilização sobre conciliação para os representantes das empresas Via Varejo (Casas Bahia), TIM e NET. O intuito é preparar os prepostos para o momento da negociação e, com isso, alcançar bons resultados nos acordos realizados nas pautas concentradas.

O trabalho aborda assuntos com foco na atuação mais produtiva do preposto, de forma que aproveite melhor a oportunidade que a conciliação representa. Os temas tratados são: teoria do conflito, fundamentos de negociação, introdução ao processo de conciliação (objetivos e vantagens), etapas do processo de conciliação.

Já foram realizados cursos com representantes de outras empresas, obtendo bons resultados nas pautas específicas realizadas. Com a empresa VIVO, o percentual de acordo foi de 64,77%; com a TIM, o índice foi de 59,76% e com as Casas Bahia, de 77,78%.

Essa iniciativa, Pauta Específica nos Juizados Especiais com Treinamento de Prepostos, é uma das seis práticas do Tribunal vencedoras do III Prêmio Conciliar é Legal, promovido pelo CNJ. O objetivo do prêmio é identificar, premiar e disseminar boas práticas que estejam contribuindo para a efetiva pacificação de conflitos, bem como para a modernização, a rapidez e a eficiência da Justiça brasileira. O TJDFT conquistou o primeiro lugar na categoria Justiça Estadual.

Empresas interessadas podem entrar em contato com Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania dos Juizados Especiais Cíveis de Brasília - CEJUSC JEC/BSB, pelo telefone: 3103-1776.

Pauta Específica

Pauta Específica é um projeto desenvolvido pelo NUPEMEC e CEJUSC JEC/BSB, por meio do qual o TJDFT e as empresas interessadas assumem um compromisso para o desenvolvimento de ações que permitam melhores condições para análise dos pedidos e, consequentemente, a elaboração de propostas de acordo. 

A Pauta Específica atende ao fundamento da conciliação que norteia os Juizados Especiais Cíveis e colabora com a pacificação social. Estão entre as ações: a concentração das audiências em dias específicos do mês e a realização do curso de prepostos.

Durante as audiências da Pauta Específica, as empresas podem ainda resgatar a confiança do cliente, melhorar a sua imagem, oferecer um atendimento satisfatório e aumentar as chances de um acordo que atenda aos interesses de ambas as partes.