Inscrições para exposições e lançamentos de livros no TJDFT seguem até fevereiro

por MLC — publicado 2014-01-06T14:45:00-03:00

As inscrições para o processo seletivo para Exposições e Mostras Temporárias no Memorial do TJDFT – Espaço Desembargadora Lila Pimenta Duarte estão abertas e seguem  até 10 de fevereiro de 2014. Os interessados devem efetuar as inscrições conforme o Edital 2/2013, disponibilizado no Diário de Justiça eletrônico de 6/12/2013, que apresenta o detalhamento das etapas a serem seguidas.

Poderão participar do processo de seleção pessoas físicas maiores de 18 anos e escritores brasileiros ou estrangeiros em situação legal no país. Pessoas jurídicas de direto público ou de direito privado sem fins lucrativos também podem participar.

De acordo com o edital, as obras de arte apresentadas deverão abordar, preferencialmente, temas relacionados com a Justiça, democracia, cidadania, história e datas comemorativas. Serão selecionadas propostas para exposição de artes: fotografia, escultura, pintura, gravura e desenho; e para lançamentos de livros.

As propostas devem conter toda a documentação exigida no edital e podem ser entregues no local ou enviadas pelos Correios. A Comissão, designada pela Primeira Vice-Presidência do TJDFT, selecionará as propostas observando critérios como: adequação da proposta ao espaço físico; qualificação da proposta: originalidade e qualidade técnica; grau de expectativa de interesse do público interno e externo: proposta inédita, atratividade do tema; adequação à imagem institucional do TJDFT; adequação à imagem institucional do TJDFT; propostas de exposições artísticas e institucionais que não foram contemplados no ano anterior; perspectiva de contribuição histórica e de enriquecimento sociocultural da comunidade e representatividade da cultura brasileira.

A exposição contará com a estrutura do Tribunal para montagem e divulgação. Em contrapartida, os autores selecionados para lançamento de livros doarão dois exemplares da obra ao Memorial do TJDFT. Os artistas selecionados doarão, dentre as peças expostas (pintura ou escultura), uma obra de arte plástica, no caso de mostra individual, e duas obras, em caso de mostras coletivas, para o Tribunal. A escolha da obra de arte plástica será feita pelo SERAMI.

Mais informações podem ser obtidas no Serviço de Apoio à Memória Institucional- SERAMI, pelos telefones (61) 3103-5863, 3103-5893, 3103-5894 e 3103-4868 ou pelo endereço eletrônico memoria@tjdft.jus.br.

Memorial

Em 2013, o Memorial passou a receber exposições temporárias e a organizar lançamentos de obras literárias, conforme Portaria Conjunta 50/2005. O espaço Desembargadora Lila Pimenta também recebe e organiza visitas de estudantes e de outras instituições nacionais e internacionais ao TJDFT.

Durante o ano de 2013, foram recebidas as exposições "Café com Arte", da artista plástica Valéria Vidigal; "A Trajetória da Mulher Magistrada, Mulheres Pioneiras da Justiça Brasileira", exposição itinerante da Associação dos Magistrados do Brasil – AMB; e “Abstratos Urbanos", da artista plástica Sonnia Guerra.

Além das exposições, foram lançados dois livros de autoria de servidores do TJDFT, lotados na Secretaria Psicossocial Judiciária – SEPSI: "Conexões: teoria e prática do trabalho em Redes na Secretaria Psicossocial Judiciária do TJDFT", da editora Lúmen Júris, coordenado por Marília Lobão, Elizângela Caldas Barroca Roque, Eliane Cristina Martins de R. Andrade e organizado por Valéria Brito; e "Alienação Parental: um retrato dos processos e das famílias em situação de litígio", da editora Líber Livro, de autoria de Luciana de Paula Gonçalves Barbosa e Beatriz Chaves Ros de Castro.

O Memorial é coordenado pelo Serviço de Apoio à Memória Institucional, vinculado à Secretaria de Gestão Documental, que por sua vez é subordinada à 1ª Vice-Presidência, conduzida pelo desembargador Sérgio Bittencourt. O espaço foi inaugurado durante as comemorações do cinquentenário do TJDFT, em 2010, e guarda documentos, fotos e peças que remetem à trajetória da Justiça da nova capital, que tem suas origens no primeiro tribunal do país, em Salvador (BA).

Mais informações, inclusive sobre o cronograma de eventos para este ano, podem ser acessadas no link Memória Digital no site do TJDFT.