Audiência coletiva na Papuda resulta em condenação de 30 acusados

por BEA — publicado 2014-07-29T17:55:00-03:00

Na última sexta-feira, 25/7, a juíza da 2ª Vara Criminal de Planaltina realizou audiência coletiva, no presídio da Papuda, onde 30 réus aguardavam julgamento. Todos foram condenados pelos crimes de associação criminosa (formação de quadrilha) e absolvidos do crime de corrupção de menores.  

A audiência foi realizada por iniciativa da juíza Catarina de Macedo Nogueira Lima e Correa, que diante da dificuldade de deslocamento dos acusados, optou por realizar esforço comum com o MPDFT, a Defensoria Publica, Advogados e Polícia Civil, levando a audiência para o local onde os réus estavam sob custódia do Estado.

A iniciativa foi um sucesso. Após 12 horas de audiência, na qual foram ouvidas 3 testemunhas, interrogados os 30 acusados e realizados os debates entre acusação (MPDFT) e defesa (Defensoria e Advogados), a sentença foi proferida. Segundo a magistrada, o objetivo da iniciativa, de celeridade e eficiência na aplicação da justiça, foi alcançado, pois os acusados, que foram detidos em 27 de fevereiro deste ano - véspera de Carnaval - e cujo processo foi distribuído à 2ª Vara de Planaltina em 10/3, foram sentenciados em menos de 5 meses.  

Processo: 2014.05.1.002747-5