Mutirão de violência doméstica de Taguatinga realiza 561 audiências em menos de um mês

por AF — publicado 2014-07-01T19:00:00-03:00

Lei Maria da Penha MutirãoA primeira fase do mutirão de violência doméstica do Juizado de Violência Doméstica de Taguatinga terminou, na última quinta-feira, 25/6, com índice de 95% de êxito na meta estipulada. Ao todo, foram realizadas 561 audiências de instrução e julgamento e de justificação prévia de requerimentos de medidas protetivas nas ações penais da Lei Maria da Penha. Apenas 5% das audiências previstas não aconteceram, ou porque a vítima não compareceu ou porque não foi localizada. 

O mutirão conta com o apoio e colaboração da Defensoria Pública, da OAB/DF (subseção de Taguatinga), do SERAV, do SEDIMA, do Núcleo de Práticas Jurídicas da Faculdade Estácio-Facitec, do Ministério Público e do empenho indispensável de magistrados e servidores lotados na serventia.

No final deste mês, acontecerá a 2ª etapa do evento, de 28/7 a 26/8. A expectativa é de que, ao todo, sejam realizadas mais de mil audiências.