Projeto Maria da Penha vai à Escola avalia primeira etapa e faz o lançamento da segunda

por GMS — publicado 2014-11-27T15:45:00-03:00

maria da penha vai a escolaNa próxima sexta-feira, 28/11, o Centro Judiciário da Mulher – CJM/TJDFT realizará um encontro de avaliação da primeira etapa do projeto Maria da Penha vai à Escola, além do lançamento da segunda, desta vez com a capacitação de coordenadores educacionais de Ceilândia. Participarão do evento representantes do tribunal e de instituições parceiras, como a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher - DEAM, Secretaria da Mulher do GDF e Secretaria de Educação do GDF.

Entre as atividades já promovidas pelo CJM no âmbito do projeto está uma oficina de trabalho, no dia 21 de novembro, que reuniu membros das três turmas de orientadores capacitadas na primeira etapa e da Rede Local de atendimento às mulheres. Durante a oficina, ocorreram discussões em subgrupos divididos por temas, com levantamento de dificuldades e elaboração de propostas, apresentação dos subgrupos aos demais participantes, debate das propostas apresentadas e construção da proposta conjunta.

Alguns dos temas abordados pelos subgrupos foram: registro da ocorrência e atendimento nas Delegacias de Polícia, encaminhamentos e trabalho em rede, atendimento de casos de abuso sexual e acompanhamento e eficácia das medidas protetivas e participação do orientador educacional nos processos judiciais. O intuito é que os participantes informem a comunidade escolar quanto aos direitos das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

As outras etapas contemplarão professores e alunos. A iniciativa está amparada por uma pesquisa realizada pela Subsecretaria de Políticas para as
Mulheres da Secretaria de Mulher do GDF, em parceria com o CJM, junto à população local, em que 97% dos entrevistados consideraram importante abordar a Lei Maria da Penha nas escolas.