TJDFT recebe representantes da Justiça Estadual e debate Metas de 2015

por ACS — publicado 2014-09-23T13:35:00-03:00

Reunião MetasRepresentantes dos tribunais estaduais reuniram-se na manhã desta terça-feira, 23/9, no TJDFT, para analisar e consolidar a proposta da Justiça Estadual para as metas de 2015, do Judiciário.

O documento será apresentado na reunião preparatória do VIII Encontro Nacional do Poder Judiciário do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, que será realizada nesta terça-feira, 23/9, e quarta-feira, 24/9, na sede do Tribunal Superior do Trabalho – TST, em Brasília.

Durante a reunião, a secretária de Planejamento e Gestão Estratégica do TJDFT, Liz Criciny Werlang Rauber, destacou que a reunião prévia à do CNJ com representantes dos estados é uma oportunidade para confluir ideias e chegar ao evento do CNJ o mais preparado possível.

No início da reunião, o vice-presidente do TJRO e coordenador do segmento da Justiça Estadual, desembargador Alexandre Miguel, também enfatizou a necessidade de unicidade na consolidação da proposta, respeitando a ideia de cada um. “Temos que ser o mais objetivo possível e coerente nos raciocínios, pensando no todo, na decisão global, não só das particularidades dos estados, que, é claro, também são importantes”, disse.

O evento contou com a participação de magistrados e representantes de vários estados do país.

Durante a reunião preparatória, serão debatidas propostas para as metas do Judiciário e formatada a proposta técnica de cada segmento de Justiça para as metas a serem perseguidas pelos tribunais no ano de 2015. O juiz assistente da Corregedoria do TJDFT, Pedro Yung-Tay Neto, e o juiz assistente da Presidência, Eduardo Henrique Rosas, são os gestores das metas no Judiciário do DF.

As sugestões de metas serão submetidas à aprovação dos presidentes dos tribunais, em novembro, durante o VIII Encontro Nacional do Poder Judiciário e devem estar alinhadas com a Estratégia  do Judiciário 2020, que reúne os macrodesafios do Poder Judiciário para o período de 2015 a 2020.

Na programação do encontro também está prevista a apresentação de dados do Relatório Justiça em Números, referentes ao ano de 2013. O Relatório Justiça em Números é a principal base de dados do Poder Judiciário sobre o perfil e o funcionamento dos tribunais brasileiros. Em 2013, o TJDFT conquistou o primeiro lugar no ranking de produtividade entre os tribunais de Justiça de médio porte do país