TJDFT aprimora gestão do contrato de impressoras terceirizadas

por SB — publicado 2015-02-12T16:45:00-03:00

As impressões de papel no TJDFT são feitas pelo sistema de outsoursing, com equipamentos terceirizados. O custo é calculado por folha impressa e não pelo número de máquinas. A medida é apontada como a mais vantajosa para o Tribunal, estando no rol das boas práticas indicadas pela Secretaria de Orçamento Federal e pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Para monitorar o serviço, o TJDFT já iniciou a inclusão dos dados no QlikView. Com isso, o desempenho será visualizado pela Administração do TJDFT, por meio de painel eletrônico que vai monitorar o consumo. A ferramenta de business inteligence QlikView foi contratada pelo TJDFT e permite a customização de vários painéis de monitoramento.

O painel com o inventário do consumo das impressoras foi desenvolvido pelo Grupo Gestor de Sistemas de Recursos Humanos - Gesirh, a partir dos dados fornecidos pela Secretaria de Informática e pela empresa contratada Simpress que, desde outubro de 2014, está cadastrando a localização das máquinas, por setor e vara.  A próxima etapa é fazer a validação dos dados junto aos gestores de cada unidade.

Por meio do monitoramento, o TJDFT pretende estabelecer um padrão de consumo, aperfeiçoar a gestão do contrato e ferramentalizar o gestor na otimização do serviço. A ação compõe o Plano de Logística Sustentável que está sendo implantado no TJDFT, com vistas ao aperfeiçoamento da gestão dos processos de trabalho, com transparência e racionalidade.