Suspensão de atendimento do Juizado Itinerante segue até sexta-feira

por MLC — publicado 2015-07-01T18:45:00-03:00

Até sexta-feira, 3/7, o atendimento do Juizado Itinerante do TJDFT continua suspenso, em virtude da continuidade da greve dos servidores do Judiciário. A suspensão do atendimento teve início em 17/6, devido a ausência de servidores para prestação dos serviços com a qualidade e a eficiência com que os usuários estão habituados.

O Juizado Itinerante é realizado por meio de um ônibus que percorre diversas regiões do DF, que ainda não possuem fóruns, com o intuito de prestar serviços para a população interessada em ingressar com demandas do Juizado Especial Cível. Esse serviço recebe causas no valor de até 40 salários mínimos, resolve questões como: cobranças, despejos (somente para uso próprio), indenização por inclusão do nome no SPC e na Serasa e outros prejuízos. As causas no valor de até 20 salários mínimos dispensam a presença de advogado.

No Juizado Itinerante, o atendimento é rápido, fácil e gratuito. No primeiro contato o problema é relatado e, em outro momento, o ônibus volta ao local, para realizar as sessões de conciliação. Nos casos em que não há acordo, as partes seguem para as audiências com o juiz. No caso de acordo, a cópia da homologação pelo juiz é obtida no mesmo dia.

Vale ressaltar que as causas trabalhistas, de família, reclamações contra o Estado (Distrito Federal, autarquias e empresas públicas), assim como ações envolvendo crianças e adolescentes, heranças, falências e causas criminais não podem ser resolvidas pela Justiça Itinerante.