Fundador da Gol e mais dois réus serão julgados nesta terça-feira

por ASP — publicado 2015-06-15T17:50:00-03:00

Aviso à imprensa: os veículos de comunicação que desejarem poderão acompanhar a sessão de  julgamento que será realizada nesta terça-feira, 16/9, a partir das 9h, porém, NÃO será permitido o acesso de câmeras de filmagem e de fotografia ou a captação de imagem e sons durante o julgamento.

O Tribunal do Júri de Brasília irá julgar nesta terça-feira, 16/6, a partir das 9 horas, os réus Constantino de Oliveira, fundador da empresa Gol Linhas Aéreas, Antônio Andrade de Oliveira e José Humberto de Oliveira Cruz, acusados do crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado contra a vida de Eduardo Queiroz Alves, ex-genro de Constantino.

O julgamento estava marcado para acontecer no dia 27/5, mas foi remarcado para o dia 16/6, a pedido do advogado do réu José Humberto de Oliveira Cruz. O réu encontrava-se hospitalizado.

Os acusados Constantino de Oliveira e José Humberto Cruz serão julgados como incursos na conduta descrita no artigo 121, § 2º, incisos II e IV, c.c. art. 14, inciso II, ambos do Código Penal. Antônio de Oliveira, como incurso no tipo descrito no artigo 121, § 2º, incisos II e IV, c.c. art. 14, inciso II, c.c. art. 29, caput, todos do Código Penal.

O réu Constantino de Oliveira responde ao processo em prisão domiciliar, José Humberto de Oliveira cumpre prisão preventiva e Antônio Andrade aguarda o julgamento em liberdade.

Processo: 2008.01.1.090631-4