Justiça Comunitária comemora Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa

por ACS — publicado 2015-06-19T13:30:00-03:00

Justiça comunitáriaEm celebração ao Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, comemorado no dia 15/06, servidores e 18 agentes comunitários  do Programa Justiça Comunitária (PJC) participaram de encontro na última segunda-feira, no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), na Ceilândia. O evento, promovido pela Rede de Proteção à Pessoa Idosa, contou com a colaboração de representantes de vários segmentos da sociedade e órgãos governamentais, tais como a Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social do DF (SDHS), COSE (Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos), SESC, Bombeiro Amigo e a Central Judicial do Idoso. O evento contou com a presença de 150 pessoas.

Conduzido por psicólogos e assistentes sociais, o evento abordou formas de prevenção das violações de direitos, bem como o combate à violência contra os idosos. Além de rodas de conversa, debates e dicas para a saúde, o dia foi animado pela apresentação de dança sênior, música e um lanche junino. A agente comunitária Maria Suely Ribeiro atuou como facilitadora e a agente Eliene Ferreira apresentou  relatório de atividade de um dos grupos de debate. 

Segundo dados trazidos pelo Mapa da Violência Contra a Pessoa Idosa no Distrito Federal da Central Judicial do Idoso (uma parceria entre o TJDFT, o Ministério Público do DF e a Defensoria Pública do DF), os filhos são os maiores agressores (aproximadamente 60%) e as mulheres são as maiores vítimas (64%). A faixa etária mais atingida é a dos 60 aos 69 anos, com 38% dos casos. Clique aqui e acesse matéria sobre o mapa.

O encerramento do encontro foi feito pelo Coral do SESC, que emocionou a plateia com canções que marcaram gerações, como Bandeira Branca e Cio da Terra.