Revistas em quadrinhos do Programa Cidadania e Justiça na Escola são entregues às escolas

por ASP — publicado 2015-06-11T18:15:00-03:00

Cartilha cidadania e Justiça na escolaApós a cerimônia de abertura das atividades de 2015 do Programa Cidadania e Justiça na Escola, ocorrida no último dia 2 de junho, no Auditório Sepúlveda Pertence, no Fórum de Brasília, a Associação dos Magistrados do Distrito Federal - Amagis/DF iniciou a distribuição das cartilhas do Programa. As escolas participantes da atividade devem retirar os exemplares da revista na sala da Amagis/DF, localizada no 10º andar do Fórum de Brasília.

A publicação, em forma de revista em quadrinhos, será, inicialmente, trabalhada em sala de aula com os alunos e, posteriormente, os assuntos serão detalhados pelos magistrados numa conversa informal, com espaço para dúvidas e comentários, possibilitando uma melhor compreensão dos temas abordados na cartilha. A revista traz, de maneira didática e simplificada, explicações sobre as questões que serão debatidas com os magistrados, em visitas regulares às escolas.

Este ano, o Programa completa quinze anos de história e pretende atender as regionais de ensino de Brazlândia, Plano Piloto, Cruzeiro, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho, abrangendo, assim, 110 escolas e alcançando 15 mil alunos.

O Cidadania e Justiça na Escola foi criado pela Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB e adotado pela Amagis/DF em 2001, sendo desenvolvido, desde então, com a parceria do TJDFT, da Secretaria de Educação do Distrito Federal e patrocínio da Poupex.

O Programa tem como objetivo promover encontros entre magistrados, alunos e professores do 5º ano do ensino fundamental de escolas públicas para debaterem direitos e deveres, organização do Estado, a função do Poder Judiciário e dos profissionais do Direito, além de conceitos relevantes para a formação do cidadão, como ética, justiça e cidadania, entendendo que o conhecimento dos direitos e deveres afasta a violência, alcança o comprometimento do cidadão com futuro do país e acolhe o valor de Justiça Preventiva.

Para mais informações, acesse a página do Programa Cidadania e Justiça na Escola no site do TJDFT. Clique aqui e confira a cartilha em quadrinhos.