Ouvidora Judiciária do Tocantins visita CNJ e TJDFT

por ACS — publicado 2015-03-31T17:50:00-03:00

Ouvidoria 31-3-15A Ouvidora Judiciário do Tocantins, desembargadora Ângela Prudente, acompanhada de equipe técnica, esteve nesta segunda-feira (30/3) nas ouvidorias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). A visita técnica serviu para conhecer o funcionamento dos sistemas utilizados pelas instituições e buscar boas práticas, que possam ser aplicadas no Tocantins.

No CNJ a equipe tocantinense foi recebida pelo ouvidor-chefe, conselheiro Fabiano Silveira, pelo chefe de gabinete Ronaldo Araújo Pedron e pelo servidor Hubner Alessandro Santos Rocha, responsáveis pela apresentação do funcionamento da Ouvidoria.

A Ouvidoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um canal direto de comunicação entre a instituição e o cidadão, seja para tirar dúvidas, fazer sugestões ou reclamar sobre as mais diversas questões relacionadas a tribunais, processos e órgãos do Judiciário.  Por ano, chegam ao CNJ quase 20 mil reclamações, dúvidas e pedidos de informação ao órgão, que visa aperfeiçoar o trabalho do Judiciário brasileiro.

Já no TJDFT o encontro foi com o Ouvidor, desembargador Hermenegildo Gonçalvese com a coordenadora da Ouvidoria Geral Ana Cristina Pupe. Entre os diferenciais da unidade estão os  canais de acesso à ouvidoria, o cidadão pode entrar em contato por meio de  formulário eletrônico;  o Alô TJ: número 0800; email; Selo Justiça: formulário selado disponível nos Fóruns e que podem ser enviados pelos correios ou nas urnas instaladas nos saguões dos Fóruns, dentre outros meios. Também é possível consultar o andamento da manifestação.

"Estamos satisfeitos com o que nos foi apresentado. Foram muito gratificantes e proveitosas as visitas técnicas, podemos conhecer novas práticas que certamente contribuirão para o aprimoramento da Ouvidoria Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins", ressaltou a desembargadora Ângela Prudente.