Presidente do TJDFT empossa novo desembargador

por MLC — publicado 2015-03-03T20:10:00-03:00

posse desembargador marco antonioNesta terça-feira, 3/3, o Presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, desembargador Getúlio de Moraes Oliveira, deu posse ao novo desembargador do Tribunal, Marco Antônio da Silva Lemos. Além do Presidente do TJDFT, a mesa de honra foi composta pelo Procurador-Geral de Justiça, Leonardo Bessa; pelo Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal, Ibanês Rocha; pelo Presidente da Associação de Notários e Registradores do DF, Alan Nunes Guerra; e pelo Consultor Jurídico da governadoria do DF, René Rocha Filho, na ocasião, representando o Governador do DF, Rodrigo Rollemberg.

Na abertura da solenidade, o Presidente convidou os desembargadores Romão Cícero de Oliveira e Maria de Lourdes Abreu, o mais antigo e novo, para conduzirem o magistrado ao plenário, como dita a tradição. Em seguida, o então juiz de direito substituto de 2º grau, Marco Antônio Lemos, fez a leitura do compromisso do cargo e assinou o termo de posse.

O Presidente do TJDFT declarou o juiz empossado no cargo de desembargador e o Secretário-Geral do TJDFT, Celso de Oliveira e Sousa Neto, leu o termo de posse que destacou a promoção por merecimento. Na sequência foi entregue a medalha Grão Colar, comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Distrito Federal e dos Territórios.

Em sua fala, o Presidente ressaltou o desembargador Luciano Moreira Vasconcellos que se aposentou e cuja vaga foi preenchida pelo novo desembargador Silva Lemos. “O desembargador Luciano deixou um imenso vazio. Juiz sereno, racional e que sempre foi exemplo para seus colegas”, afirmou. “A posse do desembargador Marco Antônio traz a todos a certeza que ninguém mais poderia o sucedê-lo”.

Na sequência, o Presidente fez uma síntese da trajetória profissional do empossado. “O desembargador Silva Lemos, na época jornalista, percebeu que seu caminho era a magistratura e iniciou o novo ofício em 1987. Hoje tem acesso definitivo na magistratura do TJDFT”. Lembrou da época que trabalharam juntos na 3ª Vara Cível de Brasília: “suas decisões tinham ótimo conteúdo social e político. Bem humorado e com frases espirituosas, deixava mais amenas as sessões que conduzia”. Por fim, destacou a importância da família, em especial da esposa e dos filhos do novo desembargador: “na família, e só nela, se constrói e fortalece os ideais para caminhos vitoriosos”.

Natural de Goiânia-GO, o desembargador Marco Antônio da Silva Lemos ingressou na magistratura do Distrito Federal, como Juiz de Direito Substituto, em maio de 1993. Já como Juiz de Direito, cargo no qual tomou posse em fevereiro de 1996, exerceu a titularidade da Vara de Família, Órfãos e Sucessões do Paranoá e na 3ª vara de fazenda Pública do DF. Foi juiz eleitoral e atuou como desembargador convocado desde 2009. Em maio de 2013 foi promovido a Juiz de Direito Substituto do 2º Grau, tendo sido localizado na Terceira Turma Cível deste Tribunal.