Criação da Vara da Infância e da Juventude do DF é relembrada em visita do seu primeiro juiz

por ACS — publicado 2016-10-17T13:15:00-03:00

Dr. Renato e Dr. Jorge DuarteO desembargador aposentado do TJDFT Jorge Duarte de Azevedo foi recebido pelo juiz titular da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal – VIJ-DF, Renato Rodovalho Scussel, na tarde dessa sexta-feira, 14/10, para uma visita especial. Primeiro juiz titular da Vara, o desembargador fez questão de entregar pessoalmente um histórico de criação da VIJ-DF elaborado por ele.

Componente da primeira turma de juízes concursados do TJDFT, que tomaram posse em 1961, Jorge Duarte de Azevedo começou sua carreira na Justiça do Distrito Federal como juiz substituto designado para auxiliar na então Vara de Família, Menores, Órfãos e Sucessões. “Ao apresentar-me ao juiz da época, Geraldo Irineo Joffily, dele ouvi como profecia: Cuide dos menores”, conta o desembargador.

Em 25 de janeiro de 1967, por meio do Decreto-Lei 113, foi criada a Vara de Menores. E no dia 30 de março do mesmo ano, foi publicada a promoção de Jorge Duarte de Azevedo, por merecimento, em decreto firmado pelo presidente da República, ao cargo de Juiz de Direito da Vara de Menores da Justiça do Distrito Federal, que exerceu até o dia 2 de maio de 1974.

Entre as muitas histórias da sua atuação na Justiça da Infância e da Juventude, o desembargador lembra que, em junho de 1964, ainda na condição de juiz substituto, instituiu por portaria a Casa Mello Mattos do Menor Trabalhador, onde era desenvolvido um trabalho assistencial e reeducativo com adolescentes apreendidos por atos infracionais praticados no comércio da avenida W3.

O juiz Renato Rodovalho Scussel recebeu com alegria o histórico de criação da VIJ-DF e agradeceu ao desembargador Jorge Duarte de Azevedo. Scussel destacou que os relatos históricos contribuirão para preservar a memória da Justiça da Infância e da Juventude do Distrito Federal e da sua primeira vara especializada, atual VIJ-DF, que completará 50 anos de criação em 2017.

Saiba mais

O Centro de Memória Digital do TJDFT – CMD publicou, em 2008, entrevista realizada com o desembargador Jorge Duarte de Azevedo, como parte do programa História Oral. Clique aqui e leia a entrevista, também disponível em vídeo, na página do CMD.

A quinta edição do informativo histórico Monumentum, de julho de 2011, traz um breve histórico da criação da VIJ-DF e fala do desembargador Jorge Duarte de Azevedo, que recebeu condecorações e títulos pelo seu relevante trabalho na Justiça Infantojuvenil. Acesse aqui o informativo.