TJDFT inaugura o 2º Juizado Especial Cível de Águas Claras

por SS — publicado 2017-09-01T19:05:00-03:00

Inauguração o 2º Juizado Especial Cível de Águas Claras Nesta sexta-feira, 1º/9, o TJDFT inaugurou o 2º Juizado Especial Cível de Águas Claras no Fórum Desembargador Helládio Toledo Monteiro. O descerramento da placa alusiva à instalação da unidade judiciária foi realizado pelo Presidente do TJDFT, desembargador Mario Machado, pelo Corregedor de Justiça, desembargador Cruz Macedo e pelo juiz Carlos Bismarck Barbosa, Diretor do Fórum.

Além das autoridades mencionadas, compuseram o dispositivo de honra da cerimônia o 1º Vice-Presidente, desembargador Humberto Ulhôa; o 2º Vice-Presidente, desembargador José Jacinto Costa Carvalho; o Presidente da Amagis, juiz Fábio Francisco Esteves; o Administrador Regional de Águas Claras, Manoel Machado Elias; e a magistrada Andreza Alves de Souza, que assume o Juizado ora instalado.

Primeiro a discursar, o Corregedor de Justiça, desembargador Cruz Macedo, destacou a importância da instalação de mais uma unidade judiciária no contexto da crise financeira/orçamentária atual. Em seguida, o Presidente do TJDFT, desembargador Mario Machado, ressaltou a importância que o 1º grau de jurisdição tem para a atual Administração e celebrou a inauguração do novo Juizado em uma comunidade que busca tanto a Justiça.

Inauguração o 2º Juizado Especial Cível de Águas Claras Conforme a Portaria Conjunta 73, de 24/8/2017, o 2º Juizado Especial Cível de Águas Claras será considerado instalado a partir de 4/9. No dia seguinte, a distribuição de processos do 1º Juizado Especial Cível de Águas Claras será suspensa pelo período de 90 dias.

O Fórum de Águas Claras foi inaugurado em 11/4/2016 e atende a população tanto da RA XX, Águas Claras, como da RA XXX, Vicente Pires, conforme estabelecido na Resolução 1/2016. A circunscrição foi inicialmente instalada com duas Varas Cíveis; uma Vara Criminal e Tribunal do Júri; uma Vara de Família e de Órfãos e Sucessões; um Juizado Especial Cível; e um Juizado Especial Criminal e Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.  

O novo Fórum também já funciona com Processo Judicial eletrônico - PJe e com Centro Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania - CEJUSC.