TJDFT realiza "I Diálogo Cartorário" de 2017 e entrega Selo de Cumprimento de Metas a 182 serventias

por ACS — publicado 2017-09-01T17:05:00-03:00

Corregedor Des. Cruz MacedoO TJDFT, por meio da Escola de Formação Judiciária, realizou, nesta sexta-feira, 1º/9, o "I Diálogo Cartorário: Metas Nacionais 2017". O objetivo foi analisar as oportunidades e os desafios para o cumprimento das Metas Nacionais em 2017, a partir da revisão dos resultados alcançados em 2016 e das diretrizes institucionais. Na ocasião, o Corregedor de Justiça do Distrito Federal, desembargador Cruz Macedo, lembrou que, no ano passado, o Tribunal alcançou todas as metas estabelecidas pelo CNJ e ressaltou: “As metas dependem do esforço de cada um de vocês, de uma luta diária em favor da prestação jurisdicional”.

A mesa de abertura do evento foi composta pelos juízes assistentes da Corregedoria Luís Martius Bezerra Júnior e Caio Brucoli Sembongi, pelo secretário-geral da corregedoria, Ricardo Augusto Barros Mendes, e pelo Chefe de Gabinete da Corregedoria, Alexandre Correia de Aquino.

O juiz Luís Martius iniciou as palestras destacando a importância do diálogo e a harmonia entre o cartório e o gabinete para o cumprimento das metas. “A orientação da Corregedoria é cada vez mais para que cartório e gabinete falem a mesma língua. Que um ajude o outro nessa fiscalização do processo, seja físico ou eletrônico, para que tenhamos um caminho ideal, que vai confluir com uma jurisdição melhor prestada, no cumprimento das nossas metas para o Tribunal, que são aspectos de importância estratégica para a nossa corte”.

O magistrado ressaltou as mudanças que as sentenças e suas características sofreram com o passar do tempo, e que os dias de hoje exigem uma prestação dada no tempo certo. “Exige-se também que a gente mostre que está trabalhando de forma adequada e que utilizemos os recursos públicos da melhor maneira possível", destacou. De acordo com o juiz, “sem dúvida alguma, o principal instrumento de aferição dessa competência do bom funcionamento é a aferição das metas nacionais estabelecidas para todos os tribunais do país, pelo CNJ”.

Mesa de abertura - I Diálogo CartorárioO encontro seguiu com as palestras de Simone Nunes de Miranda Carrer, secretária de planejamento e gestão estratégica; Patrícia Barbosa, coordenadora de correição e inspeção judicial; Kátia Santana, coordenadora de projetos e sistemas da 1ª Instância; e Raquel Golênia, Coordenadora do Núcleo Permanente de Gestão de Metas de 1º Grau. Os juízes Caio Brucoli Sembongi e Luís Martius, e os servidores Kátia Santana e Túlio Vieira Lins Parca foram moderadores durante o “Diálogo entre Gestores - Área Cível e Área Criminal”.

Ao final, foi realizada a cerimônia de entrega dos Selos de Cumprimento de Meta às 182 serventias judiciais elencadas na Portaria GC 130, de 29/8/2017, que alcançaram o cumprimento integral das Metas Nacionais 1 e/ou 2, instituídas pelo CNJ. Enquanto a relação das varas premiadas era exibida ao auditório, o Corregedor de Justiça ressaltou: “Vocês aqui dão esse testemunho de que é possível alcançar as metas. Agora, com muita satisfação, nós estamos, mais uma vez, reconhecendo o trabalho de vocês. É graças a vocês que a Justiça do Distrito Federal é cada vez melhor”.