Lojas de materiais de construção têm pedidos de recuperação judicial deferidos

por SS — publicado 2018-09-03T18:30:00-03:00

O juiz titular da Vara de Falências, Recuperações Judiciais, Insolvência Civil e Litígios Empresariais do DF deferiu o processamento da recuperação judicial da empresa Cartefix Utilidades e Materiais de Construção Ltda; e da Fercon Ferragens e Materiais de Construção Ltda., estabelecidas no Lago Norte e Asa Norte, respectivamente.

Também foi determinada a suspensão de todas as ações ou execuções contra as referidas empresas, ressalvadas as hipóteses previstas na Lei de Recuperações e Falências.  As sociedades empresárias, afirmando-se em crise econômico-financeira, ajuizaram o pedido de recuperação judicial e sustentaram atender os requisitos exigidos para o benefício.

O juiz determinou várias providências para a realização do procedimento: nomeou um administrador judicial para praticar os atos necessários à recuperação; ordenou a suspensão de todas as ações ou execuções movidas contra as devedoras, no prazo de 180 dias; e determinou que a junta comercial do DF fosse comunicada, bem como as Fazendas Públicas da União e do Distrito Federal, para fins de anotação da recuperação judicial.

As empresas terão o prazo de sessenta dias, contados da publicação da decisão, para apresentarem os planos de recuperação judicial, nos termos do art. 53 e 54 da Lei 11.101/05.

Processo Judicial eletrônico (1º Grau): 0714566-66.2018.8.07.0015