Juizado Itinerante participa do Projeto SOS Justiça hoje no Paranoá

por MLC — publicado 2019-04-12T10:10:00-03:00

onibus juizado itineranteAtendimento inicialmente previsto para Taguatinga, nesta sexta, foi suspenso

Nesta sexta-feira, 12/4, o ônibus do Juizado Itinerante do TJDFT, que estava programado para atender na Praça do Relógio no centro de Taguatinga, irá atender no Paranoá no Projeto SOS – DF Justiça. O evento acontece nos dias 12 e 13/4, de 9h às 17h, e tem o objetivo facilitar o acesso do cidadão aos serviços públicos, de forma integrada e unificada, ampliando os canais de comunicação entre o Estado e o cidadão.

Durante os dois dias do Projeto SOS – DF Justiça, o ônibus do Itinerante ficará estacionado ao lado da Administração do Paranoá recebendo as demandas da população local. Os cidadãos poderão receber informações e atendimento imediatamente. O serviço é rápido e gratuito! Os interessados devem levar os documentos pessoais (CPF, Identidade) e comprovante de residência. 

O Juizado Itinerante recebe causas no valor de até 40 salários mínimos e resolve questões como: cobranças, despejos, indenização por inclusão do nome no SPC e na Serasa e outros prejuízos. As causas no valor de até 20 salários mínimos dispensam a presença de advogado. Vale ressaltar que as causas trabalhistas, de família, reclamações contra o Estado (Distrito Federal, autarquias e empresas públicas), assim como ações envolvendo crianças e adolescentes, heranças, falências e causas criminais NÃO podem ser resolvidas pela Justiça Itinerante. 

Na próxima semana, o Juizado Especial Itinerante de Brasília comemora 20 anos de funcionamento. O ônibus estará atendendo a população do DF na Rodoviária do Plano Piloto, na segunda e terça-feira, dias 15 e 16/4.

SOS Justiça

O evento promovido pelo GDF prevê a realização de atendimentos do Procon, do Na Hora, orientações jurídicas para pessoas vulneráveis, por meio da Defensoria Pública, atividades lúdicas para crianças, palestras e orientações de prevenção e combate ao uso drogas e para vítimas de violência, cortes de cabelo, massagem, maquiagem, emissão de documentos e orientações dos conselheiros tutelares, atividade animada com capoeira, apresentações teatrais, Hip Hop e muita música também estão previstas.