Acusado de tentar matar por motivo fútil é condenado a 12 anos de prisão

por ASP — publicado 2019-08-28T20:04:00-03:00

O Tribunal do Júri de Sobradinho condenou nessa terça-feira, 27/8, Alan Viana Pereira a 12 anos e seis meses de reclusão, pela prática de tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

Segundo os autos, no dia 27/1/2019, por volta de 3h30, no interior de um bar, situado na rodovia 440, na região administrativa de Sobradinho, Alan, na companhia de um amigo, chegou ao local e pediu um cigarro, sendo informado de que não havia cigarros e que fosse embora, pois o bar seria fechado.

Irritado, o réu e o amigo começaram a insultar a dona do bar. A vítima, que assistia a tudo, intercedeu e pediu que os homens se retirassem. Indignado, Alan sacou uma faca que portava e desferiu violento golpe no pescoço da vítima e fugiu do local.

O réu irá cumprir a pena inicialmente em regime fechado.

Processo: 2019.06.1.000962-3