Júri de Brasília segue com o julgamento de policiais militares acusados de triplo homicídio

por ASP — publicado 2019-08-12T19:12:00-03:00

O Tribunal do Júri de Brasília iniciou o julgamento dos policiais militares Gilberto Duarte Rivaroli Filho e Silvio Bueno dos Reis, conhecido como “Cara de Rato”, na manhã desta segunda-feira, 12/8. Eles são acusados da prática de triplo homicídio qualificado pela torpeza, crueldade e uso de recurso que impossibilitou a defesa das vítimas Alex Ferreira Soares, Jildemar da Trindade Amorim e Wilson Lopes. O crime ocorreu em janeiro de 2006, em São Sebastião. A previsão é de que o julgamento acabe somente nesta terça-feira, 13/8.

Na data de hoje foram ouvidas seis testemunhas (acusação e defesa) e teve início, há pouco, o interrogatório dos réus. Após, a sessão será encerrada e retomada amanhã, às 9h, com a fase de debates.

Originário da circunscrição de São Sebastião, o julgamento foi transferido para Brasília, a pedido do Ministério Público, por temer que a população daquela região não se sentisse à vontade em julgar policiais militares que atuaram na cidade, o que poderia comprometer a imparcialidade necessária ao julgamento.

Segundo o MPDFT, os policiais são suspeitos de integrar grupo de extermínio na região e de ter envolvimento com o tráfico de drogas e armas. 

 

Processo: 20181210006520