Oftalmologista dá seu depoimento como voluntária do Anjos do Amanhã

“Quem mais ganha com o voluntariado sou eu.”
por DA - SECOM/VIJ — publicado 2019-03-11T16:45:00-03:00

Oftalmo 1Desde 2016, a oftalmologista Cristiana Bertin recebe voluntariamente em seu consultório crianças e adolescentes de instituições de acolhimento atendidas pela Rede Solidária Anjos do Amanhã. “Eu me sinto extremamente grata e honrada por poder cuidar deles. Faço porque gosto”, declara. Ela conta que a história com o Anjos surgiu muito à vontade, em seu consultório mesmo. Uma de suas pacientes, a servidora da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal (VIJ-DF) Eliana Alves, integrante da Rede Solidária, fez o convite. A resposta foi mais natural ainda: “Se precisarem de mim, estou aqui”.

O contato com o voluntariado, no entanto, já vem de mais tempo: “Acho que, desde que me entendo por gente, tenho interesse pelo trabalho voluntário. Eu sempre gostei. Quando tinha uma campanha, eu estava lá pra ajudar”. A médica relata que a escolha profissional reforçou ainda mais o gosto por amparar. Por meio de sua profissão, já pôde ajudar outros públicos e comunidades carentes no DF. “Faz parte da vocação. Eu me sinto muito bem. Quem mais ganha com o voluntariado sou eu”, fala.

Natural de São Paulo, Cristiana Bertin veio para a Capital ainda cedo. “Vim pra Brasília criança, então, me considero mais daqui do que de outro lugar”, defende. Ser médica sempre foi seu objetivo. Formou-se em medicina pela Universidade de Brasília (UnB) e fez residência também na cidade. Tornou-se especialista em Oftalmologia pela Associação Médica Brasileira e pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Na França, cursou as especializações em Neuroftalmologia e Eletrofisiologia Ocular e em Glaucoma, no Centre National Hôpitalier des Quinze-Vingts, Université Paris VI. Pela Faculté de Médécine Pitié-Salpétrière, também da Université Paris VI, foi diplomada em Neuroftalmologia.

Além de usar a bagagem profissional para atendimento dos pacientes de rotina, ela conta que sempre buscou atender sem custo crianças, adultos e idosos de instituições do DF. O direcionamento para o social a levou, inclusive, a mudar um pouco o rumo do trabalho que desenvolvia. Desde 2009, se dedica a uma nova clínica, originária de um projeto entre amigos, com a proposta de ser mais humanizada e dedicar mais tempo para atender os pacientes. “A medicina, às vezes, se perde um pouco na celeridade, né? E eu não queria isso”, reflete a médica.

Oftalmo 2Ao ser perguntada sobre qual a sensação em atender um dos acolhidos pela Rede Solidária, ela se sensibiliza. “Eu fico emocionada. É uma sensação de amor que transborda”, fala Cristiana. Ela defende que a participação no Anjos do Amanhã também é desafiante: Ver crianças e adolescentes que já passaram por tanta coisa, uma criança na idade do seu filho que já vivenciou coisas que você na sua idade nunca nem sonhou, é muito doloroso”. Para ela, a recompensa chega na forma de carinho dos pacientes: “Elas chegam aqui e te abraçam. São crianças, ao mesmo tempo, carentes e cheias de afeto para dar”.

Cristiana vê a Rede Solidária como uma corrente do bem. “São pessoas que realmente querem ajudar. O trabalho do Anjos do Amanhã é sensacional! Eles acolhem, realmente se preocupam”, fala. “A gente vê pelos encaminhamentos que chegam que é um trabalho feito com muita seriedade, mas, principalmente, com muito coração, e isso eu acho muito bonito”, completa a médica.

Conheça a história de outros voluntários e parceiros da Rede Solidária Anjos do Amanhã no espaço “Eu, voluntário”, na internet.

Torne-se um voluntário

A Rede Solidária Anjos do Amanhã busca parceiros que possam oferecer seu talento ou serviço, a fim de atender ou complementar as necessidades de crianças, adolescentes e suas famílias nas áreas de saúde física e mental, educação, moradia, cultura, lazer, entre outras. No aspecto pessoal, aquele que compartilha suas habilidades ganhará os benefícios de uma sociedade mais justa e igualitária. No aspecto profissional, o voluntário poderá receber, de acordo com seu banco de horas, um Certificado de Prestação de Serviço Voluntário em sua área de conhecimento.

Conheça aqui a rede de voluntários e parceiros. Saiba mais e cadastre-se na página dedicada à iniciativa. Interessados em mais informações podem enviar um e-mail para anjosdoamanha@tjdft.jus.br, ou ligar para os números (61) 3103-3285/3382. Ainda é possível fazer uma visita à Rede Solidária, na Vara da Infância e da Juventude do DF – SGAN 909, lotes D/E.

Anjos do Amanhã

A Rede Solidária Anjos do Amanhã é um programa de voluntariado criado em 2006 pela VIJ-DF. O objetivo da iniciativa é dar oportunidades para que crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social residentes no DF possam ter acesso aos direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.​