Violência contra a mulher: juíza do TJDFT participa de programa ao vivo na TV Câmara

por ACS — publicado 2019-03-21T09:00:00-03:00

Juíza Luciana Lopes RochaA juíza do TJDFT Luciana Lopes Rocha, coordenadora do Núcleo Judiciário da Mulher – NJM e titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Taguatinga, participará da gravação do programa Câmara Ligada, da TV Câmara, na próxima sexta-feira, 22/3. O programa, que terá como tema a violência contra a mulher, vai ao ar ao vivo, às 15h, e será reprisado no dia 23/3, às 19h30, e dia 24/3, às 21h30. 

O programa contará ainda com a participação da deputada federal Sílvia Cristina, do PDT de Rondônia, e da blogueira Ketilen Gomes, jornalista e integrante do Conselho Jovem do programa. Na plateia estarão alunos do Setor Leste, CED 01 de Planaltina e do Instituto Federal de Brasília de São Sebastião.

Rebeca Elen, conhecida como Realleza, será a atração musical do programa, oportunidade em que fará o lançamento de seu primeiro disco, intitulado “Afrontosa”, inspirado na própria história da cantora, presente no cenário musical do rap no DF há 10 anos.

A juíza Luciana Lopes Rocha é titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Taguatinga; uma das coordenadoras do Núcleo Permanente Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar – NJM/TJDFT; e membro do Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

O Câmera Ligada é um programa que garante espaço para a juventude debater política, cultura e cidadania. A fórmula reúne para uma conversa sobre assuntos de interesse da juventude uma plateia com 120 estudantes do ensino médio, especialistas, deputados, uma banda nacional e jovens protagonistas cheios de histórias para contar.

O programa pode ser assistido pela TV Câmara, nos canais 23, da Net Brasília; 165, da Sky; e 229, da GVT.  Na TV aberta, ele é transmitido pelo canal 27.1 (principal) e 27.2 (alternativo).