Juiz do TJDFT é finalista em prêmio sobre Direito Animal

por ACS — publicado 2019-11-28T17:41:00-03:00
Franklin Fonseca Carneiro.jpg

O juiz do TJDFT Manoel Franklin Fonseca Carneiro,  titular da 1ª Vara Criminal do Gama,  é um dos finalistas do I Prêmio Brasiliense de Direito Animal.  O objetivo é reconhecer a personalidade mais atuante na defesa do Direito Animal, no âmbito do Distrito Federal. 

O magistrado, que é finalista junto a mais cinco pessoas, foi indicado por sua atuação na disseminação do Direito Animal no meio acadêmico. As indicações ao prêmio foram feitas por entidades apoiadoras da disciplina Mobilização Pública e Direitos Animais, ofertada na Universidade de Brasília - UnB.   

O juiz do TJDFT, em conjunto com o professor doutor Arthur Régis, foi responsável pela criação do Curso de Direito dos Animais na ESA - Escola Superior da Advocacia da OAB-DF, que já se encontra na 3ª edição.  Em 2019, foi condecorado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal com moção de louvor pelos relevantes serviços prestados na Defesa do Meio Ambiente e Proteção Animal. 

Além disso, já realizou palestras sobre o tema no Batalhão da Polícia Militar Ambiental, no Colégio de Presidentes dos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária – CRMV, na Unb e no ICESP.  Bacharel em Economia e Direito, o magistrado já atuou como promotor de Justiça no Ministério Público do Estado de Goiás e está cursando especialização em Direito Animal na Escola da Magistratura Federal do Paraná – ESMAFE.  

A votação popular está aberta até o dia 2/12, pelo link https://survey.app.do/pg/i-premio-brasiliense-de-direito-animal. O vencedor será anunciado oficialmente no dia 4/12, no encerramento da disciplina, no auditório da FAC/UnB, a partir das 19 horas.