#EuConcilio apresenta como um cidadão superendividado equilibrou as contas no Cejusc/Super

por MLC — publicado 2019-10-02T22:26:00-03:00

QUADRADO-eu-concilio.jpgO TJDFT iniciou a série "Eu Concilio" que mostra a cada semana, no site ou no Facebook institucional, um caso no qual as partes construíram acordo satisfatório para os envolvidos, solucionando demandas de naturezas diversas; ou um depoimento de colaboradores dessa prática, registrando sua opinião sobre experiências na realização de acordos. A ação integra os preparativos do TJDFT para a XIV Semana Nacional da Conciliação, realizada anualmente pelo CNJ em conjunto com os Tribunais de Justiça de todo o país, no mês de novembro.

Nesta edição da série, você vai conhecer como uma pessoa superendividada conseguiu o equilíbrio financeiro com a ajuda do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania Superendividados - Cejusc/Super.

Bernardo, nome fictício, estava com as contas bancárias bloqueadas e prestes a ter que cumprir uma execução judicial de busca e apreensão de bens. Além disso,tinha vários empréstimos consignados e 4 cartões de crédito, cujos pagamentos eram feitos em forma de revezamento (cada mês pagava a conta de um deles). Bernardo se viu em uma situação de desespero e procurou a ajuda do Cejusc/Super.   

Com o Programa Superendividado do Cejusc/Super, ele conseguiu apoio psicológico, apoio para reeducação financeira e, principalmente, eliminou o medo de buscar ajuda jurisdicional. Após participar de todas as etapas do programa, Bernardo tem apenas um cartão de crédito, conseguiu negociar as dívidas pendentes e percebeu que precisava de ajuda psicológica. E ele deixa a lição que aprendeu: "O cidadão precisa ter o conhecimento (entendimento) de que precisa de limites, que não pode dar o passo maior que a perna e que precisa ter uma administração sustentável do seu próprio consumo". Agora, Bernardo dorme tranquilo e com a convivência familiar ainda melhor. 
FACE- cejusc super-saia-do-vermelho-2.jpgCejusc/Super

Vinculado à 2ª Vice-Presidência do TJDFT, tem como objetivo a prevenção, o tratamento e a resolução de conflitos envolvendo consumidores em situação de superendividamento. O serviço é gratuito e atende todos os cidadãos do DF. Para participar, basta enviar e-mail para super@tjdft.jus.br, com nome completo, CPF, endereço e telefones para contato.

Na frente de trabalho “Prevenção”, o CEJUSC/Super promove palestras e mesas-redondas gratuitas que estimulam o público a compreender a relação entre consumo, poupança e crédito, avaliando opções para administração de seus recursos financeiros de maneira consciente e identificando alternativas de resolução amigável de conflitos financeiros. As iniciativas visam ainda colocar em pauta, de forma crítica, a temática Superendividamento, para, assim, fomentar uma discussão prospectiva das causas e impactos do fenômeno no âmbito social.

Por meio da frente "Tratamento", são realizadas oficinas de educação financeira, orientação individualizada e iniciativas psicossociais (grupos temáticos e orientação psicossocial individualizada, conforme o interesse), que ajudam o consumidor a encontrar e reparar a origem da situação de superendividamento e o deixa mais capacitado para as sessões de conciliação com os credores.

Está com dificuldade para lidar com seu dinheiro e sair do vermelho? Inscreva-se!