Memorial TJDFT traz exposição virtual sobre Brasília e lançamento de livro em quadrinhos

por AR — publicado 2020-12-07T18:18:00-03:00

memorial virtual.jpgArte e história e quadrinhos reunidas em um evento interativo e totalmente virtual. Na sexta-feira, 11/12, o Memorial TJDFT – Desembargadora Lila Pimenta Duarte realiza o ‘Memorial TJDFT virtual: arte e cultura em casa’ com a abertura da exposição “Brasília 60 anos, um atelier ao ar livre”, do artista plástico Otoniel Fernandes, e o lançamento do livro “O fantástico mundo de Gauri-Chan", de autoria de Guilherme Alexandre Vieira. 

O evento será transmitido ao vivo, a partir das 15h30, pelo Canal TJDFT no Youtube (clique aqui para acompanhar) com a apresentação produtos comemorativos dos 60 anos da Justiça do DF, celebrados neste ano. Em seguida, a partir das 16h15, o artista plástico e quadrinista apresentam seus trabalhos e participam de um bate-papo com a participação do público 

A ação virtual dá continuidade ao calendário cultural do Memorial TJDFT. Em 2020, em virtude das medidas de distanciamento impostas para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, os eventos culturais da Casa foram suspensos, ainda no mês de março. Os trabalhos dos artistas foram aprovados para Exposições Temporárias de Arte e Lançamentos de Livro no Memorial TJDFT - Calendário 2020.    

Brasília 60 anos 

Há 40 anos, o artista plástico cearense Otoniel Fernandes se dedica a retratar em quadros às paisagens brasileiras. Em homenagem as seis décadas da capital federal, ele preparou a exposição “Brasília 60 anos, um atelier ao ar livre”, que será exibida em formato 100% virtual. A mostra fica em cartaz por três semanas.    

A exposição reúne 32 telas pintadas a óleo e e a maioria feita ao ar livre. Nelas, o artista harmoniza luz, cor, dimensões, personagens, fauna e flora retratar tanto as paisagens quanto os personagens.   

Otoniel Fernandes já fez dezenas de exposições individuais pelo país e participou de Salões Nacionais de Pinturas.  

O fantástico mundo 

“O Fantástico mundo de Gauri-Chan" conta a história de um menino que, ao lado de um amigo imaginário, sonha em ser desenhista de história em quadrinhos. O livro, aliás, é um complicado das quatro primeiras publicações independentes do autor.  

Natural de Taguatinga e servidor do TJDFT, Guilherme Alexandre é apaixonado por história em quadrinhos desde criança. Aos 30 anos, ele retomou a antiga paixão pelos desenhos e a transformou em publicações. Desde janeiro de 2019, ele vem frequentando feiras e divulgado seu trabalho.