Júri do Paranoá absolve acusado de tentativa de homicídio

por ASP — publicado 2020-03-16T19:47:00-03:00

Em sessão de julgamento realizada no último dia 12/3, o Tribunal do Júri do Paranoá absolveu Valdeí José de Sousa da acusação de tentativa de homicídio durante uma festa.

De acordo com os autos, o acusado confessou a autoria do crime, perante o juiz, afirmando legítima defesa. Alegou ter sido convidado para ir a uma confraternização que ocorria na residência de um amigo, local em que foi apresentado a um rapaz, a quem, por duas vezes, negou dinheiro para comprar drogas, passando a ser alvo de ofensas e chacota.

Instantes depois, o rapaz retornou com uma faca, desferindo um golpe no acusado, que ao tentar se defender, restou atingido na perna. Ao tentar se desvencilhar do ataque, o acusado diz que retirou a faca da coxa e desferiu um único golpe no peito da vítima, saindo correndo em seguida. Em seu favor, salientou, por fim, não ter tido a intenção de matar o ofendido.

Ao votar os quesitos, em sessão secreta, os jurados absolveram o réu da acusação de tentativa de homicídio duplamente qualificado, afastando, assim, a tese acusatória do Ministério Público do DF.

Com a absolvição, o juiz presidente do Júri revogou a prisão preventiva do acusado e determinou a expedição de alvará de soltura em favor do réu.

PJe: 0001168-85.2016.8.07.0008