Aurora: conheça o Laboratório de Inovação do TJDFT

por TT — publicado 2020-10-06T11:49:00-03:00

Aurora.jpgO Laboratório de Inovação do TJDFT – foi lançado na última sexta-feira, 2/10, em evento ao vivo 100% online que atraiu 400 pessoas entre magistrados, servidores e público externo. Abaixo você poderá conhecer um pouco mais sobre esse espaço de fomento a inovação do Tribunal, que utilizará métodos ágeis e práticas colaborativas no desenvolvimento de soluções com foco no usuário.

O NOME E A MARCA

O nome Aurora foi selecionado por meio de concurso interno, patrocinado pela Amagis-DF e Assejus-DF, que contou com 411 ideias inscritas. Segundo sua idealizadora, a servidora do TJDFT Adelyse Lopes, “aurora é a claridade que precede o nascer do sol e os primeiros indícios de alguma coisa; um começo” e, assim como o laboratório de inovação, “ajudará a revelar uma nova realidade, um novo dia”. 

Com a definição do nome, foi iniciado o processo de criação da identidade visual e da marca, construída a partir da letra A, inicial de Aurora. O formato triangular representa mudança e fluidez e os vértices os estágios de um ciclo (começo, meio e fim), inerentes aos processos ágeis de desenvolvimento de soluções, metodologia que será utilizada no laboratório.  

As cores foram inspiradas no céu de Brasília e aplicadas em degrade de forma a reapresentar a diversidade de tons. Clique aqui e confira vídeo sobre o processo criativo da marca.

espacofisico.jpgO ESPAÇO FÍSICO

O layout do Aurora foi desenvolvido com base em conceitos de sustentabilidade, neuroarquitetura, design biofílico e acessibilidade. O objetivo foi propiciar aos freqüentadores um ambiente que promova bem-estar, reconexão com a natureza e colaboração

Na concepção do espaço, foi priorizada a utilização de materiais de baixo impacto ambiental e o aproveitamento da luz natural. A acessibilidade foi garantida por meio de sinalização tátil a partir do acesso principal do prédio. A marca e as cores foram aplicadas de forma lúdica em vários pontos de forma a conferir identidade ao espaço.

O Aurora conta com uma sala de reunião e oficinas, um espaço com estações fixas para a equipe do laboratório, uma área de acolhimento com arquibancada e tela de projeção para realização de eventos e um café. O mobiliário modular permite personalizar o ambiente em várias configurações, conforme a necessidade do usuário.

A sede do Aurora está sendo construída na ala B do térreo do Fórum de Brasília, local de fácil acesso e grande circulação de pessoas.  Clique aqui e faça um tour virtual pelo laboratório. Confira também no Flickr do TJDFT as fotos do projeto do espaço físico.

aurora_site.jpgO AMBIENTE VIRTUAL

Devido o trabalho remoto imposto pela pandemia da Covid-19, o site será o principal canal de comunicação e interação do Aurora com os usuários neste momento. Nele, estão disponíveis informações sobre história, funcionamento, premissas, projetos e desafios do laboratório, bem como espaço para participação e colaboração dos usuários e curadoria de conteúdo sobre inovação (livros, eventos, cursos). A ambiente virtual conta ainda com espaço para registro de sugestões, elogios, críticas sobre o Aurora.

O Laboratório de Inovação do TJDFT - Aurora foi instituído por meio da Resolução 8/2020. Quer ter acesso a mais informações e ficar por dentro do primeiro grande projeto do Aurora, o Cartório 4.0? Acesse o site do laboratório.