Réu é condenado por participação no homicídio de amigo

por ASP — publicado 2021-09-01T12:00:00-03:00

O Tribunal do Júri de Sobradinho condenou Jonas Ribeiro de Sousa Soares à pena de 12 anos e um mês de reclusão por participar do homicídio de Arthur Rubens Freire de Lacerda. Ele deverá cumprir a pena em regime inicial fechado e não poderá recorrer da sentença em liberdade.

O crime ocorreu na madrugada do dia 7 de abril de 2019, no interior da casa da vítima. Segundo os autos, réu, comparsa e vítima eram conhecidos e, no dia dos fatos, estavam, na companhia de duas adolescentes, ingerindo bebidas alcoólicas e usando drogas. A certa altura, vítima e réu iniciaram uma discussão. Horas mais tarde, armados, réu e comparsa voltaram à residência de Arthur e o comparsa, com o auxílio do réu, efetuou disparos de arma de fogo contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos.

Ao dosar a pena, a juíza presidente do Júri destacou que o crime foi “praticado com superioridade numérica de pessoas em relação à vítima, em situação na qual ela, dentro de sua casa, foi atingida pelo réu em concurso com terceiro”. Assim, a magistrada, de acordo com a decisão soberana dos jurados, condenou Jonas Ribeiro por participação em homicídio qualificado por motivo torpe, crime descrito no artigo. 121, §2º, inciso I, c/c art. 29, todos do Código Penal.

Acesse o PJe1 e consulte o processo:  0001635-65.2019.8.07.0006