Apenados utilizam sistema de reconhecimento facial para apresentação à VEPERA

por SB — publicado 2021-07-15T14:00:00-03:00

Audiodescrição: Foto1: totem do SAREF com tela de computador e teclado. Foto 2: Tela de um computador com a imagem do sistema SAREF. O monitor está sobre uma mesa de trabalho.Nessa segunda-feira, 12/7, os primeiros apenados realizaram com sucesso o reconhecimento facial  e registro de presença pelo totem do Sistema de Apresentação Remota e Reconhecimento Facial – SAREF da Vara de Execuções das Penas em Regime Aberto – VEPERA. 

O sistema utiliza a inteligência artificial e torna a apresentação do apenado mais rápida e segura, além de contribuir também para a eliminação de filas e aglomerações.

O totem é um módulo que possibilita o autoatendimento em uma estação física na VEPERAcom computador e webcam, por meio do qual o usuário recebe instruções em vídeo e áudio. Para utilizar o SAREF, é preciso fazer o cadastramento inicial com o preenchimento de dados básicos e foto tirada na hora.

Além do totem, o SAREF conta com outros dois módulos: o administrador e o mobile. O módulo administrador é gerenciado pelos servidores da VEPERA. Nele, estão os metadados de cada apenado. O mobile, que ainda não está funcionamento, é o módulo do celular que possibilita a apresentação de forma remota, com uso do GPS para a localização do preso.

Após a apresentação, o SAREF gera um comprovante que é enviado por e-mail ao apenado ou apenada. O sistema também possui uma integração importante com o Sistema Eletrônico de Execução Unificado - SEEU, do CNJ, com o intuito de obter informações mais detalhadas sobre o preso.

O SAREF foi desenvolvido pela Assessoria de Ciência de Dados - ACID, em parceria com a COTEC, a VEPERA e o Laboratório AURORA.