Dia da Memória do Judiciário: publicação traz histórico da implantação do PJe no TJDFT

por AR — publicado 2021-05-10T09:00:00-03:00

Monumentum1.pngNo Dia da Memória do Poder Judiciário, comemorado nesta segunda-feira, 10/05, o informativo histórico Monumentum faz um resgate da instalação do Processo Judicial Eletrônico - PJe no Judiciário do DF.O sistema foi implantado no TJDFT em 25 de julho de 2014 na gestão do então Presidente, Desembargador Getúlio Moraes de Oliveira, e chegou à marca de 2 milhões de processos em 2020. Conheça aqui a história do PJe. 

Na nova edição do informativo, a história do PJe é contada por meio de números e fatos marcantes. O primeiro processo eletrônico, por exemplo, foi distribuído ao 6º Juizado Especial Cível de Brasília. Quinze dias úteis após a implementação do sistema, foi protocolado o milésimo processo judicial eletrônico no TJDFT. Em maio de 2019, foi alcançada a marca de 1 milhão de processos distribuídos no PJe. 

Os juizados especiais foram os primeiros a receber os processos eletrônicos. Em seguida, o PJe iniciou sua implantação de forma gradativa nas demais serventias e, em 14 de novembro de 2019, chegou a todas unidades judiciárias de 1º e 2º Graus do TJDFTDurante quase sete anos de funcionamento no TJDFT, o PJe passou (e ainda passa) por constantes melhorias e foi integrado a diversos sistemas

Para saber mais sobre aperfeiçoamentos, marcas históricas e benefícios do processo judicial eletrônico no TJDFT, acesse o Monumentum nº 58. O informativo é desenvolvido pela equipe do Núcleo de Apoio à Preservação da Memória Institucional - NUAMI e divulga textos, fotos, discursos, entrevistas, matérias e eventos sobre a história do TJDFT. 

Embarque conosco nessa viagem e venha conhecer melhor essa história, da qual você também faz parte.

Para conferir todas as edições do Monumentum já publicadas, clique aqui.