TJDFT encaminha case do Balcão Virtual ao CNJ

por ACS — publicado 2021-05-26T10:51:00-03:00

Capa Case Balcão Virtual.pngO Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios encaminhou nessa terça-feira, 25/5, ao Conselho Nacional de Justiça - CNJ o case do Balcão Virtual do TJDFT, visando dar transparência às ações tomadas para cumprimento da Resolução CNJ nº 372/2021.

O documento foi elaborado pelo Laboratório de Inovação Aurora e, com um design criativo e linguagem simples, apresenta informações detalhadas sobre o plano de ação de implementação do serviço, contemplando a escolha da ferramenta e o estabelecimento de rotinas que proporcionam a melhor experiência para os servidores e usuários.

O Balcão Virtual foi implementado em 22 de março deste ano para ser um serviço de atendimento ao público por videoconferência e facilitar o contato dos advogados e partes com as unidades judiciárias. A sua adoção pelos Tribunais é, inclusive, um dos requisitos para o Prêmio CNJ de Qualidade 2021, dentro do Eixo “Dados e Tecnologia”.

Prêmio CNJ de Qualidade

Trata-se da premiação mais importante no Poder Judiciário, concedida anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça aos tribunais de todo o país. No ano passado, o TJDFT recebeu o Selo Diamante de Qualidade e a expectativa, para esse novo ciclo, é alcançar o prêmio de "Tribunal de Excelência", que será concedido tão somente a um Tribunal, conforme critérios estabelecidos na Portaria CNJ nº 135, de 06/05/2021.

“A pontuação para esse prêmio é extremamente complexa, pois avalia os tribunais em diversos eixos. O maior benefício do prêmio é o reconhecimento nacional de que o nosso Tribunal está comprometido com a sua missão e não poupa esforços para prestar uma jurisdição célere e de qualidade, centrada no usuário do sistema de Justiça”, avalia o juiz Coordenador do Aurora, Jayder Ramos de Araújo.

Conheça o case do Balcão Virtual aqui.